Felicitas, joia portuguesa sob olhar contemporâneo
25 de Fevereiro de 2016 . Por Patrícia Pontalti

Obra de Catarina Silva

Obra de Catarina Silva

Atenção apaixonados por joias: tem exposição nova - e encantadoramente instigante - estreando neste fim de tarde de quinta-feira na Galeria Alice Floriano de Porto Alegre (Félix da Cunha, 1.143). A designer que dá nome à galeria, Alice, é quem assina curadoria de Felicitas - Joalheria Contemporânea de Lisboa. motivada pela própria formação e paixão. “A minha conexão com a joalheria começou em Lisboa, lugar que muito me toca. Nada faz tanto sentido como uma tentativa de retribuir todo conhecimento e vivências que lá absorvi, quanto expor nesta galeria em seu princípio, os trabalhos de joalheiros que admiro, onde o fio condutor é esta cidade do meu coração”, conta Alice, que, só para agradecer, é formada em terras lusas.

Pingentes de Diana Silva

Pingentes de Diana Silva

 

 

Mantendo o caráter da galeria de apresentar obras que realmente imprimam impacto e reflitam o novo, Alice selecionou 12 artistas com exímias técnicas e muita criatividade, representantes fundamentais da joalharia dos anos 1980 até os dias atuais. Estão presentes Carlos Silva, Catarina Silva, Cristina Filipe, Diana Silva, Filomeno Pereira de Sousa, Inês Nunes, Inês Telles, Juliana Bezerra, Miriam Castro, Nininha Guimarães dos Santos, Telma Simões e Tereza Seabra.

Anel de Tereza Seabra

Anel de Tereza Seabra

 

 

Deixe um comentário