Rafaela Tomazzoni olha para Virginia Woolf
5 de Maio de 2016 . Por aspatricias

Em uma época em que palavras como poder feminino e sororidade ganham cada vez mais força, nada mais carregado de significado do que uma mulher buscar inspiração em outra mulher para desenvolver um trabalho singular. A referência é ninguém menos que Virginia Woolf, escritora que levantou a bandeira do feminismo e trouxe à discussão, em pleno início do século 20, o papel da mulher na sociedade, tema ainda tão atual e carente de debate.

A designer caxiense Rafaela Tomazzoni, através de um trabalho que alia o atesanal às altas tecnologias têxteis, desenvolveu uma coleção que traduz toda a força e poesia da escritora britânica. “Virginia Woolf foi uma mulher a frente de seu tempo. Através de seus escritos, soube instigar uma sociedade conservadora ao trazer para o debate questões delicadas para a época, como a situação da mulher e suas limitações diante das imposições de uma sociedade patriarcal“, sintetiza Rafaela.

wes_9435

A Coleção VW é resultado de um minucioso trabalho de equipe, que contou, inclusive, com uma imersão em história da moda, com auxílio da professora Bernardete Venzon. Cada modelo desenhado e estampa desenvolvida especialmente para esta coleção parte de uma das premissas da estilista: produzir peças atemporais e originais que acresçam ao estilo próprio de cada cliente.

coleção é composta por 25 modelos cheios de feminilidade, entre saias, vestidos, blusas e acessórios. As saias midi, queridinhas do Knit Studio (espaço de criação da estilista), não ficam de fora, assim como os casacos em modelagens amplas e confortáveis. Destaque, também, para os acessórios feitos à mão, que podem ser combinados com as demais peças da coleção.

wes_9498

Além das peças em tricô, marca registrada das criações de Rafaela, a coleção VW faz uso de meia malha circular e tecidos planos, que aparecem em t-shirts e em peças de alfaiataria. A intenção de ter agregado outros tecidos amplia a gama de produtos, oferecendo assim, mais opções de combinações às clientes. Outro ponto alto são as estampas digitais rebordadas com fios de linha, fazendo com que o trabalho manual, mais uma das boas novidades dessa coleção, fosse explorado e reinventado de outras maneiras.

wes_9610

As cores escolhidas para as peças que trazem toda a dramaticidade de Woolf são tons outonais e desmaiados, porém coloridos em sua delicadeza e sofisticação. Destaque para os neutros como marinho, cinza e bege, que são base para detalhes mais vivos, como bordô, jade, pistache e tons de rosa. Segundo a interpretação da estilista, “Virginia Woolf tinha uma faceta melancólica e dramática, que podia transformar uma simples narrativa em versos poderosos e instigantes. Suas cores, porém, estavam na vanguarda da sua escrita e dos seus pensamentos, bem como no interior da sua casa, no seu jardim repleto de rosas e na profundidade da sua personalidade“.

Em abril, a grife de roupas e acessórios comemora três anos. Para celebrar a data, uma nova identidade visual da marca está sendo lançada juntamente à coleção VW, e as novidades não param por aí: o e-commerce, esperado pelas consumidoras da marca que não residem em Caxias, será lançado ainda neste semestre.

 

 

Deixe um comentário