Rafael Grampá, o gaúcho na parceria entre Chanel e Condé Nast
8 de Junho de 2017 . Por aspatricias

Vogue/Reprodução

Tem gaúcho talentosíssimo fazendo parceria com a Chanel e a Condé Nast. Rafael Grampá, quadrinista gaúcho, fez uma série em quadrinhos com aura de cinema noir, reimaginado para a era digital. A colaboração única, nomeada Stealing Time, é dividida em seis capítulos. A história se desenrola a partir de um roubo, cuja única evidência encontrada para solucionar o crime é o relógio J2 da Chanel. Todo em preto em branco, cores diretamente relacionadas à label, o roteiro se desenvolve entre mistérios, crimes e suspense - com a moda sempre presente.

Rafael Grampá

Temos um grande carinho pelo Grampá, que trabalhou aqui, na empresa co-irmã das Patrícias, a Estação Filmes. Ele também foi diretor de arte da RBS TV e, mais tarde, se mudou para São Paulo, onde trabalhou como diretor de animação e concept designer. Sua carreira como autor de histórias em quadrinhos começou em 2005, quando desenhou a história The Lao’s Family Fish Market. Ganhou o prêmio Eisner Award, o Oscar das histórias em quadrinhos, pela Antologia 5 e foi o primeiro brasileiro a escrever um roteiro para a Marvel Comics, dos EUA, com a história Dear Logan.

A série pode ser encontrada no site vogue.com em alguns idiomas (infelizmente não há tradução para o português). Corre lá que vale a pena.

 

 

Deixe um comentário