Casa de Criadores celebra 20 anos com edição comemorativa
4 de Maio de 2017 . Por aspatricias

Casa de Criadores / Karen Feller di Gaspi

A Casa de Criadores é conhecida como o berço de novos talentos da moda nacional. Neste ano, o evento completa 20 anos de história com inúmeros nomes de peso que surgiram dali, de um dos dois eventos que acontecem em São Paulo todos os anos. Para celebrar, vão ocorrer duas edições comemorativas em 2017. Eba!

A primeira edição já tem data e acontece entre os dias oito e 12 de maio no espaço Oficina, na Al. Olga, 187, Barra Funda, em São Paulo. Serão apresentadas as apostas dos estilistas e marcas para o Verão 2018, com a presença de talentos já conhecidos e revelações.

A Casa de Criadores surgiu quando um grupo de jovens estilistas decidiu, em parceria com o jornalista André Hidalgo, promover um evento para lançar suas novas coleções. O foco sempre foi a criação autoral e a revelação de novos talentos que, a partir do evento, tivessem a oportunidade de impulsionar suas carreiras. Centrado, inicialmente, num movimento nascido na cena underground paulistana que aliava moda, comportamento e música eletrônica, a Casa de Criadores ampliou seu universo e foi incorporando estilistas e criadores de outros estados brasileiros nos mais variados estágios de carreira.

 

Line Up, das 18h às 23h:

08/05

Abertura: Diegogama / Brechó Replay

Fernando Cozendey

Rober Dognani

Filipe Freire

Cemfreio

09/05

Också

Felipe Fanaia

Tarcisio Brandão

Weider Silveiro

10/05

Projeto Lab: Neriage por Rafaella Caniello, ACRVO, Rocio Canvas, Senplo, Carol Funke e Renata Buzzo

Diego Fávaro

Rafael Caetano

Alex Kazuo

11/05

Karin Feller para Di Gaspi

Igor Dadona

Ben

Isaac Silva

12/05

Vídeo - Gustavo de Carvalho

Ale Brito

Heloisa Faria

MRTNS

FILA por Der Metropol

 

Sport chic - e eterno - da Uma
27 de Abril de 2016 . Por Patrícia Parenza

SPFW N41

A grife paulistana Uma é um clássico! Completando 20 anos de estrada, sempre se manteve fiel ao propósito, ao seu dna: alfaiataria esportiva aliada à arte e design, preservando o conforto. Na coleção comemorativa de duas décadas, a Uma olhou para tudo isso e firmou o pé com mais força.

Minimalista até dizer chega, deixa para o usuário as inesperadas combinações e sobreposições. As peças da coleção se complementam e podem ser usadas de diferentes formas entre si, perfeito para os dias de hoje.

SPFW N41

Fibras naturais se misturam a tecidos fluidos e sofisticados. A novidade fica para a sarja “stay black” usada nas peças de alfaitaria, composição de algodão e elastano que não desbota. As cores são ótimas, com tons de laranja, amarelo intenso, azul, beges, cinzas e preto.

SPFW N41

Roupas atemporais com excelente qualidade e design, adoro a Uma por isso, compra hoje e usa pelos próximos 20 anos. Desconectando de um padrão imposto e preservando a individualidade.

SPFW N41

SPFW N41

Line-up SPFW 20 anos
30 de Setembro de 2015 . Por aspatricias

 

Em sua 40ª edição, a  São Paulo Fashion Week (SPFW) completa 20 anos com o tema “Do princípio ao início” e volta ao Parque do Ibirapuera, Pavilhão da Bienal, de 18 a 23 de outubro. Confere aí o line-up do evento, que a gente vai acompanhar de pertinho.

Domingo (18/10)

1 - Alexandre Herchcovitch - 17h

Segunda- feira (19/10)

1 -  Animale – 17h

2 - Uma Raquel Davidowicz – 18h

3 - Ronaldo Fraga – 19h

4 - Lilly Sarti – 20h

Terça-feira (20/10)

1 – Vitorino Campos – 11h

2 – Iódice – 12h

3 – GIG Couture – 16h

4 – João Pimenta – 17h

5 – PatBo – 18h30min

6 – Ellus – 20h

Quarta-feira (21/10)

1 – Reinaldo Lourenço – 12h15min

2 – Samuel Cirnansck – 16h

3 – Apartamento 03 - 17h

4 – Coven - 18h30min

5 – Hêlo Rocha - 20h

Quinta-feira (22/10)

1 – Lethícia para Riachuelo - 10h

2 – Gloria Coelho - 12h20min

3 – Fernanda Yamamoto - 16h

4 – Juliana Jabour - 17h

5 – Lolitta - 18h30min

6 - Lino Villaventura - 20h

7 – Osklen – 21h

Sexta –feira (23/10)

1 – Giuliana Romanno - 10h

2 – Patricia Viera - 11h30min

3 – Wagner Kallieno - 16h

4 – Ratier – 17h30min

5 – Colcci -  19h

6 – Amapô - 20h

SPFW e aspatis: 20 anos de muitas histórias
13 de Abril de 2015 . Por Patrícia Parenza

Hoje o dia começou no avião para São Paulo. Lá vou eu para mais uma semana de moda, e muitas lembranças vieram à tona. Entre SP e Rio, acho que já cobri mais de 100 semanas. Em 1996, fui pela primeira vez que ao então Morumbi Fashion, que depois virou o SPFW. Tinha 25 anos e era completamente deslumbrada por aquele mundo que se abria à minha frente. Não só eu como a maioria dos jornalistas do Brasil, que vinham de todos os lados, numa união adorável de sotaques e perspectivas. A própria moda brasileira estava deslumbrada com uma imensidão de possibilidades que existia pela frente. Para se ter uma ideia, nessa época, que nada era digital, as fotos dos desfiles eram impressas e distribuídas aos jornalistas para serem publicadas dias depois. Site, blog…estavam longe de existir.

Nós, em foto do Jeff Botega, aguardando um desfile no Mam

Nós, em foto do Jeff Botega, aguardando um desfile no Mam

Em 1997, a minha partner, Patrícia Pontalti também debutava no SPFW. E, desde então, a gente não se desgrudou mais. Foi com esses encontros que nossa amizade ficou ainda mais intensa e incondicional. E foi durante um SPFW que nasceu o projeto aspatrícias. Sim! A gente chegava em SP e todo mundo dizia: olhem lá! Aspatrícias do Sul, elas chegaram! E mesmo que estivesse só uma de nós, já tínhamos virado um delicioso e inseparável plural. Quando percebemos isso, decidimos que estávamos perdendo tempo trabalhando para outros. E montamos nosso próprio negócio.

A primeira foto oficial das patrícias, que nasceram no SPFW, assinada pelo Raul Krebs

A primeira foto oficial das patrícias, que nasceram no SPFW, assinada pelo Raul Krebs

São tantas lembranças e recordações que daria um livro. Sim.  Um livro com o lado B da moda nacional escrito pelos jornalistas de todo o país que viram o nascimento de tudo isso, que acompanharam cada detalhe, cada backstage, cada desfile, cada bafo, cada evento. Como esquecer dos almoços glamurosos  da Zoomp e Swarovsky no Jockey Club? Os desfiles incríveis da Cavalera pelas mãos de Taís Losso? Os shows de Ricardo Almeida? A ousada festa da Ellus num clube de suingue da Rua Augusta? O lançamento da linha assinada por Rick Martin para C&A, quando dançamos com ele a noite toda… Muitas histórias, muitos amigos…e o principal deles? Ronaldo Fraga. Nosso querido. Ficou tão íntimo que hoje a gente não passa muito tempo sem se falar, se ver, se encontrar na casa dele ou nas nossas.

 

No estádio do Morumbi, esperando um desfile, em outro clique do Jeff Botega

No estádio do Morumbi, esperando um desfile, em outro clique do Jeff Botega

 

Acompanhamos de pertinho o sonho de uma indústria de moda nacional forte e reconhecida fora daqui, o grande ideal de Paulo Borges, que inventou tudo isso, que fez tudo acontecer, que institui o calendário de lançamentos no Brasil. Lembro de uma entrevista que fiz com ele para o documentário Criadores do Brasil, que foi ao ar no GNT em 2004, na qual ele disse que teríamos a semana de moda praia mais importante do mundo. Quase conseguimos…Infelizmente, com a crise econômica mundial de 2008, tudo mudou…e hoje a moda brasileira passa por um momento de muita dificuldade com grandes marcas fechando,  como a Maria Bonita, a Viva Vida… Tantas outras que foram vendidas para grandes conglomerados e perderam totalmente sua identidade…lembram do Marcelo Sommer?

Mas vamos em frente. Somos criativos o suficiente para deixar de olhar para fora e valorizar o que temos dentro. Só assim poderemos ser lançadores de moda um dia. Olhando para nossa cultura, nossas raízes de forma contemporânea. Que venham os próximos 20! A gente vai estar lá, lindas loiras e sexagenárias, prontas para contar tudinho para vocês. E quem sabe o tal livro não se torne realidade, né?! A gente adoraria participar - e juramos que temos muito a contar.