Alice Floriano e Aura Arte estreiam em SP
31 de Março de 2017 . Por Patrícia Pontalti

Lilian Maus

Um dos espaços mais bacanas de arte, moda e design de Porto Alegre acaba de estrear em São Paulo. Quem passa em frente à pequena porta na Rua Wizard, 397, na Vila Madalena, surpreende-se com o interior da Galeria Aura Arte e da Galeria Alice Floriano, ambiente compartilhado entre as empresárias Alice Floriano e Bruna Bailune.

A galeria Alice Floriano, que já existe na capital gaúcha desde 2015, nasceu com o propósito de disseminar e promover a joalheria contemporânea como movimento artístico e expressão cultural, trazendo artistas consagrados e novos talentos do cenário mundial. O conceito casou com a ideia de de Bruna que, com a ideia de expandir a plataforma online aura.art.br, queria um espaço para divulgar a produção artística nacional e auxiliar na formação de coleções que falem sobre o nosso tempo.

Joias Galeria Alice Floriano

Até o dia 30 de maio, a Aura Arte traz a mostra Scénario, com curadoria de Mario Gioia e participação dos artistas Bruno Belo, Giulia Bianchi, Letícia Lopes, Lilian Maus, Marcella Madeira e Viviane Teixeira. Já a Galeria Alice Floriano traz os artistas joalheiros contemporâneos Malene Kastalje (Dinamarca), Izabella Petrut (Áustria), Daniella Saraya (Israel), Christine Jalio (Finlândia), Helena Lindell (Suécia), Linnea Eriksson (Suécia), Mia Maljojoki (Finlândia) e Sofia Bjorkman (Suécia). Vale dar uma passada para conhecer e prestigiar esse espaço híbrido e único, cheio de criatividade e arte.


Andréa Graiz lança projeto em parceria com estilistas gaúchos
2 de Setembro de 2016 . Por aspatricias

Acreditando que o mundo da moda e da arte caminham juntinhos, a fotojornalista Andréa Graiz decidiu transformar suas fotografias de paisagens, objetos e arquitetura em estampas, em um projeto que vem desenvolvendo há mais de um ano e que agora vira mostra no Shopping Iguatemi em Porto Alegre.  Isso mesmo. Ela desafiou 12 estilistas gaúchos a escolher uma das padronagens disponíveis e criar livremente peças de vestuário. O resultado dessas criações é a exposição Photo-Grafia, que acontece no Iguatemi, até 30 de setembro, com 12 manequins, juntamente com a ampliação da fotografia que originou a padronagem, possibilitando visualizar a transformação das imagens em algo inusitado.

Com 20 anos de carreira, a repórter fotográfica da Zero Hora tem no currículo prêmios de fotografia jornalística, como o Vladimir Herzog, o Direitos Humanos e o Concurso internacional da rede Mercocidades. Participou de várias exposições, na Galeria dos Arcos e Galeria Lunara (Usina do Gasômetro), Urban Arts, Canela Foto Workshops, Semana de Fotografia de Belo Horizonte e Museu da Comunicação Hipólito José da Costa.

flor-rosa-adriana-kavietz

Os estilistas participantes, e que doaram seus trabalhos, são Adriana Kavietz, Carlos Bacchi, Eduarda Galvani, Felipe Veiga Lima, Gabriela Verri, Georgiana Fauri, João Pimenta, Juliana Pereira, Juliana Sanmartim, Rui Spohr, Sandra Ferraz e Victoria Seger.

tronco-de-arvore-juliana-sanmartin

Também foram feitos nove vestidos sob medida para mulheres da sociedade que estão participando do projeto: Cássia Kroeff - Felipe Veiga Lima, Claudia Bartelle -  Eduarda Galvani, Claudia Wolf Ling - Rui Spohr, Dulce Helene Goettens - Adriana Kavietz, Ingrid de Kroes - Juliana Pereira, Karla Johannpeter - Greice Antes, Maria Schiavon - Juliana Sanmartin, Paula Vasconcellos - Carlos Bacchi e Scheila Vontobel - Victoria Seger. Parte do valor arrecadado será doado para a causa das Voluntárias Pela Vida.

 

Arte no seu tempo: conheça o Artikin
13 de Junho de 2016 . Por aspatricias

Nem sempre a paixão pelas artes e pelos eventos culturais é proporcional ao nosso tempo na agenda ou à nossa capacidade de organização, não é mesmo? Foi pensando em harmonizar essa relação que surgiu o Artikin, uma plataforma de curadoria e criação de conteúdo especializado em arte. O centro do projeto é um aplicativo para celular que funciona como guia cultural e organiza a agenda de arte da maneira mais prática possível: por data de encerramento, em contagem regressiva. O app está disponível para iPhone e Android.

artikin-screenshot

Como o Artikin funciona: as exposições que estão prestes a sair de cartaz ficam no topo da lista para que, assim, o usuário priorize suas visitas. Diferentes filtros customizam a visualização da agenda, e um mapa indica as mostras mais próximas à sua localização atual. É possível selecionar suas favoritas e compartilhar em outras mídias o seu próprio roteiro. Além da programação dos principais museus, o app Artikin também lista espaços alternativos ou independentes onde acontecem mostras geralmente desconhecidas pelas mídias convencionais.

artikin-04

E tem mais. A seção ROTAS propõe trajetos elaborados para o aproveitamento total de um passeio focado em arte. As rotas contemplam diferentes regiões da cidade e indicam as exposições que recomendamos e a sequência mais prática para visitá-las. Na seção AULAS, o app lista cursos, palestras e workshops sobre arte, selecionados entre as melhores instituições, desde museus tradicionais até espaços experimentais.

artikin-05

O projeto é independente e, por enquanto, só cobre São Paulo, mas, em breve, serão incluídas outras cidades. Segundo o diretor, Eduardo Biz, o negócio tem como objetivo comunicar arte de uma maneira nova, leve e smart. “Isso é o que gostamos de fazer: curadoria e pesquisa de arte. Aos poucos, vamos apresentar ideias e testar possibilidades de retorno financeiro. Queremos nos aproximar de instituições e parceiros que nos ajudem a elaborar novos projetos, para que as pessoas visitem cada vez mais exposições e aprendam mais sobre arte”, explica.

Para quem amou o projeto (como nós!), o Artikin ainda sustenta um Canal no Youtube que traz aulas sobre conceitos da arte contemporânea e apresenta os períodos fundamentais desta recente história da arte. Genial, né? Confere aqui!

Galeria DUMBO inaugura em Porto Alegre
9 de Maio de 2016 . Por aspatricias
Amanhã Porto Alegre ganha um novo espaço dedicado à arte! Inaugura na Nilo Peçanha, 1700 - loja 8, a galeria DUMBO com foco na arte pop, surrealismo-pop e arte contemporânea. Além de disponibilizar para a venda pôsteres, impressos, gravuras de tiragens limitadas, fotografias e obras originais, o local receberá exposições itinerantes.
O nome por trás do projeto é o do talentoso artista Henry Lichtmann, que é Formado em Design pela ULBRA e já trabalhou com design de joias, mas  manteve viva sua paixão pela arte que o levou a expor até nos Estados Unidos. Agora, somando todas essas experiências, decidiu abrir sua própria galeria/loja de arte na capital gaúcha.

Patrícia Pontalti e Patrícia Parenza by Henry Lichtmann

Patrícia Pontalti e Patrícia Parenza by Henry Lichtmann

A ideia é oferecer um lugar único na capital gaúcha, onde a arte será tratada de maneira democrática. Com esse objetivo, Henry trouxe inúmeros trabalhos de artistas renomados no exterior como Shepard Fairey (Obey), Doze Green e Tara McPherson e fotógrafos como David LaChapelle e Kate Garner. Artistas locais como Pirecco, Cusco, Patrick Rigon e Nina Morais também estarão no acervo. O nome do espaço surgiu de um pequeno bairro situado no distrito do Brooklyn, em Nova York. Originalmente uma zona industrial abandonada pelo tempo, Dumbo voltou a ser habitado no final dos anos 70 por uma comunidade de artistas que encontrou na área grandes espaços para morar e trabalhar. A região voltou a florescer e se tornou um paraíso da arte, com inúmeras galerias, centros educacionais e festivais de arte.

Fafi (Gucci SS16)

Fafi (Gucci SS16)

Aura, para perder o medo da arte
20 de Agosto de 2015 . Por Fernanda Cassel

A Aura é uma plataforma que aproxima a arte contemporânea de quem ainda possui um certo medo quando se trata deste mercado. Bruna Bailune, idealizadora da Aura Curadoria Contemporânea, viu nessa incerteza que a arte pode causar, essa sensação de ser um âmbito “intocável”, uma oportunidade. Pós-graduada pelo Centro de Cultura Contemporânea de Barcelona e com atuações na Antic & Modern, de Barcelona, na Fundação Roberto Marinho, no RJ, e na Bienal do Mercosul, em POA, Bruna construiu a base para o projeto que veio a ser uma ponte entre a arte e o consumidor, tirando o dito medo que este pode vir a ter. Sem barreiras intelectuais, sem preconceitos com quem busca começar a se aventurar nesse mundo.

Exposição "Área de Cultivo" por Fabio Alt para Aura

Exposição "Área de Cultivo"

Então que maneira melhor de atrair esse tímido consumidor do que por uma plataforma online? Na Aura, os artistas selecionados pela curadoria do site disponibilizam micro-coleções para venda, que se unem em pequenas editoriais trimestrais. As obras ficam organizadas no portal para livre passeio virtual dos consumidores, para a escolha ser feita de forma informada, mas seguindo o coração e a intuição de quem compra.

Exposição "Perto de Nós"

Exposição "Perto de Nós"

Partindo deste conceito de “galeria virtual”, na qual a arte ganha vida fora de formatos engessados, Bruna Bailune quis desmitificar o espaço tido como pré-destinado às obras, levando as peças da Aura para ambientes que fogem ao tradicional. Assim foi na mostra “Perto de Nós”, realizada junto ao lançamento da plataforma, no Loft da Vasco, em Porto Alegre, um espaço diferenciado, ao estilo industrial, que está recebendo diversos eventos, festas, encontros.

 

<em> Montagem com obra de Carolina Marostica </em>

O anseio para se manter tanto online quanto offline é o que move a Aura, que busca uma constante renovação do circuito de arte contemporânea. Outro pilar da Aura é o incentivo às coleções pessoais, onde as pessoas possam realizar suas próprias curadorias, colecionando arte dentro de casa. Com isso em mente, a categoria “Prints” da Aura traz impressões assinadas e de tiragem limitada das obras selecionadas de artistas participantes da plataforma, sendo vendidas a valores mais acessíveis, que facilitam o colecionismo para quem está começando. Outra maravilha para quem ainda hesita perante uma obra de arte é o serviço de simulação, onde o cliente manda uma foto do ambiente no qual ele gostaria de inserir uma obra do site e a equipe Aura simula a colocação da peça, facilitando a escolha final.

Ah, e tem novidade por vir ainda! A Aura em breve estará lançando o Clube de Colecionadores, com uma consultoria de arte para auxiliar os associados com as suas coleções, com informações sobre o mercado e vantagens para a aquisição de obras.