Nasce a WAS, marca focada no milimalismo e durabilidade
2 de Junho de 2017 . Por aspatricias

Foto: Carlos Contreras

Design atemporal para mulheres minimalistas. Essas são as principais características da marca gaúcha que está estreando. A WAS, criada pela consultora de estilo Tânia Schirmer e a publicitária Luciana Ceccon, traz silhuetas limpas, modelagens clássicas e detalhes funcionais inspirados na arte, na arquitetura e na natureza.

Foto: Carlos Contreras

Com foco em matéria-prima natural, a marca nasce da necessidade de peças mais duráveis e clean, em um mercado em que tudo é tão datado, estampado e com muita poluição visual. A inspiração da label está nos elementos naturais brutos. São eles que dão vida ao conceito da marca: contrapor o excesso proposto pela moda atual.

A coleção de estreia da WAS explora as formas mais clássicas do guarda-roupa. Olha para o passado, presente e futuro para criar peças confortáveis e elegantes. São encontradas peças de alfaiataria em preto e branco, tricô com modelagem ampla e linhas retas, couro e comprimentos mídi. Já os acessórios destacam quartzos, amazonitas, cristais e ágatas em contraste com o metal, tassels de fios de seda e marabus. As cores são utilizadas com moderação, e os detalhes clamam por sutileza.

Foto: Carlos Contreras

A grife atende em seu ateliê, no bairro Moinhos de Vento (Félix da Cunha, 1143), em Porto Alegre, com hora marcada. E através do e-commerce pelo link wasofficial.com. A gente amou!

 

Gabriela Basso, estilo atemporal
9 de Setembro de 2015 . Por Patrícia Pontalti

Foto Gabriela Demore/Divulgação

A gente adorou a notícia, que só reforça a admiração que temos pela estilista e pela marca. Ao contrário de embarcar na loucurama de lançamentos sazonais cada vez mais apertados ou das novidades semanais incessantes de um fast fashion, a designer gaúcha Gabriela Basso, em sua GB, abandona de vez o tradicional sistema de coleções para assumir algo que sempre esteve presente na marca: lançamentos sazonais que não dizem respeito a tendências ou estações, algo em que a gente acredita- e muito. E assim Gabi reedita alguns clássicos de sucesso da trajetória, como o lindo vestido mídi listrado (foto acima), insere algumas novidades que refletem a personalidade de sua marca, sempre com um caráter atemporal, vide um chemisier godê, e vai nos brindando com estes pequenos mimos de vestir em seu ateliê em Caxias do Sul (Av. Júlio de Castilhos, 1.481, sala 92) e na bem-vinda loja online.

Foto Gabriela Demore/Divulgação

A decisão, segundo a Gabi, é um reflexo de sua crença cada vez mais forte no slow fashion e na sustentabilidade. “As coleções impõem uma sazonalidade irreal para as peças. O novo formato é livre de preocupação com tempo/estação. As peças automaticamente serão clássicos da GB, com os quais as clientes poderão criar uma relação de carinho.” Querido, né?!

Para explicar a mudança, a marca recorre a um manifesto que traduz e reforça os ideais da GB. Além de estar disponível no site e redes sociais, o texto será enviado a todas as clientes que comprarem na loja virtual, acompanhado de uma mensagem personalizada pela própria Gabriela. “Esse Manifesto realmente me representa e representa a GB”, diz a designer.

Confira o Manifesta, que a gente assina embaixo:

“A Gabriela Basso Clothing nunca quis saber de rótulos. O nosso negócio é fazer moda com alma. Herdamos a técnica, mas só colocamos em prática se houver sentimento. Se for verdadeiro.

O estilo Gabriela Basso Clothing tem tudo menos prazo validade. Prezamos pela qualidade e pelo conforto. Sempre. Por roupas que abraçam o corpo e te fazem sentir deslumbrante.

Para a Gabriela Basso Clothing, tempo é o de menos. Pouco importa se é inverno ou verão. Se é velho ou novo. Importante é se apaixonar, apegar-se. Pelo tempo que for, sem prazo de validade ou instruções de uso.

Nesse mundo caótico, tudo é tão relativo. Tudo é tão descartável. Ninguém precisa de tanto. Fundamental mesmo é recuperar a essência. Por isso, em vez coleções, a Gabriela Basso Clothing prefere se dedicar a uma peça de cada vez. Sem pressa, caprichando e curtindo cada detalhe.

Pensando bem, nosso negócio passa bem longe dessa cadeia conservadora, canibalista e efêmera que chamam de moda.

 

A nossa roupa é feita para empoderar. Para realçar a beleza e a força de quem veste Gabriela Basso Clothing.”

Nume, delícia de vestir
12 de Setembro de 2014 . Por aspatricias

Se você, como a gente, já parou em frente ao closet e sentiu falta daquela pecinha básica, versátil, que atende ao desejo de estar bem vestida sem mais e ponto, você vai adorar saber de uma novidade que está estreando em Porto Alegre, a Nume, assinada pela estilista Cristhiane Rockenbach. As peças da Nume têm estilo atemporal, com pouquíssimas estampas, linguagem minimalista e modelagens simples, que se adaptam a diferentes silhuetas. Essas características, aliadas a uma paleta de cores muito bem escolhida, fazem da grife um delicioso e sofisticado básico. A gente curtiu de cara.

Fotos Carlos Sillero/Divulgação

Blusas, camisas, calças, shorts, saias, vestidos, casaquetos fazem parte do mix de produtos da Nume – palavra que significa divindade, poder celeste, inspiração, proteção. As matérias-primas utilizadas harmonizam com a proposta da Nume: seda em sua forma mais bruta, linho, neoprene, acetato e algodão se combinam nas produções. A estilista também mescla malhas, mais confortáveis, com tecidos planos, que dão mais estrutura às peças, proporcionando uma aliança irresistível. Enfim. Uma delícia de vestir, que estreia na Pandorga (Rua Miguel Tostes, 897).