Renner, tropical-chique como um sonho de verão
2 de Agosto de 2017 . Por Dialla Dornelles

Apresentando o preview de verão 2018 ontem à noite, a Renner seguiu a tendência naturalista e de cores leves para a estação mais quente. Em São Paulo, o desfile reuniu convidados em uma apresentação com foco na brasilidade e diversidade, já que o casting não tinha restrições de numeração e até mesmo de idade - uma das belas a desfilar foi a figurinista Vera Valdez, primeira modelo brasileira a fazer sucesso no Exterior. No total, foram 60 looks selecionados pelo stylist e editor de moda Thiago Ferraz, que tem uma mão certeira para nos deixar suspirando.

Agência FotoSite

Peças de alfaiataria em linho, extremamente sofisticadas, combinam com o beachwear e traduzem o mood tropicalismo-chique da coleção. As estampas exploram a flora e fauna brasileira, desde palmeiras e flores a pássaros. Impossível não citar o forte apelo de conforto da coleção: shapes amplos e tecidos leves, em uma paleta veranil que passa pelos tons de blush, azul, aquarelados e sépia. O brilho, em todas as suas formas, continua em evidência, aparecendo em peças de paetê, saias e calças em vinil e, vale destacar, em um conjunto esportivo lindo metalizado e arroxeado - já na wish list. Ah! Muitos babados, blusas românticas, ênfase nos ombros, e misturas de estilos, como o esportivo com social, casual e alfaiataria. Lindo!

Agência FotoSite

A Renner faz uma aposta segura nas tendências de verão, dando continuidade às trends e atualizando seu catálogo com escolhas certeiras e fundamentais, como a valorização da natureza nas peças e a própria diversidade do casting, que diz muito sobre o estilo, né mesmo? Algumas peças já podem ser encontradas nas lojas e através do e-commerce da marca. Ou seja, basta acessar www.lojasrenner.com.br para dar acesso aos desejos mostrados ontem à noite. Rapidinho, né?! Total fast fashion.

 

 

Segunda edição do Top Model Plus Size tem inscrições abertas
20 de Junho de 2017 . Por aspatricias

Top Model Plus Size/Divulgação

A segunda edição do Top Model Plus Size ocorre só em outubro, mas as inscrições já começaram. Até o dia 30 deste mês, as interessadas em concorrer devem fazer a pré-inscrição e participar da seleção. O evento, que busca promover a representatividade plus size, prega uma moda inclusiva e que não alimente os padrões inalcançáveis de beleza. Bingo!

Além disso, o concurso, pioneiro do segmento no estado, busca orientar e lançar novas modelos no mercado de moda, apresentando 50 candidatas a partir do manequim 46. Em julho haverá uma seleção presencial, com teste de vídeo e fotogenia, e as selecionadas farão workshops de fotografia, desfile, expressão corporal e maquiagem. Além disso, serão apresentadas às marcas e participarão de eventos.

Top Model Plus Size/Divulgação

Sem fazer apologia à obesidade, o evento celebra as diferenças, enaltecendo a saúde, autoestima e empoderamento. Todas as mulheres têm direito a se vestir bem e a se sentirem bonitas. Quem tiver interesse pode se inscrever através da página no Facebook Top Model Plus Size. E prestigiar o evento, que rola no dia 21 de outubro, no Lindóia Tênis Clube.

 

Alice Floriano e BEN na Casa de Criadores
15 de Maio de 2017 . Por aspatricias

Marcelo Soubhia/FOTOSITE

A Casa Casa de Criadores celebrou seus 20 anos com uma edição comemorativa na semana passada. Com os fashionistas de olho no evento, considerado porta de entrada de novos talentos no mercado, os desfiles trouxeram diversos nomes e parcerias de peso. Um desses foi a joalheria Alice Floriano, gaúcha, que apresentou seus adornos em colaboração com a marca BEN. O estilista Leandro Benites levou à passarela 30 looks, joias contemporâneas e adornos criados especialmente para a grife, que podem ser encontrados na Galeria Alice Floriano,  na Félix da Cunha, 1.143, em Porto Alegre.

Marcelo Soubhia/FOTOSITE

Alice Floriano tem uma forte ligação com o adorno e, depois de desbravar alguns caminhos, se deparou com a joalheria contemporânea. Decidiu absorvê-la como manifestação artística. É ela quem as cria e executa, utilizando técnicas rudimentares e linhas minimalistas. As peças são únicas ou em séries limitadas. Com a recente estreia da Galeria em São Paulo, na rua Wizard, 397, na Vila Madalena, as oportunidades de acesso do público à essa arte portátil ainda pouco difundida se ampliam. Atualmente, é a única galeria do país com foco exclusivo na joalheria contemporânea. Representa cerca de 40 artistas joalheiros e está constantemente selecionando novos nomes para fazer parte de seu catálogo.

Marcelo Soubhia/FOTOSITE

 

Också e OHStudio juntos na Casa de Criadores
10 de Maio de 2017 . Por aspatricias

Quem desfilou ontem na Casa de Criadores, um dos calendários de moda mais bacanas do Brasil e que tá rolando esta semana em São Paulo, foi a gaúcha Också, que, além de todo sua moda cheia de conceito preciso trouxe uma deliciosa parceria com a Oh Studio, grife também aqui do Sul que assina um underwear de luxo. A coleção, chamada Inominada, foi criada a partir do paradoxo da fluidez dos organismos vivos. As peças deram  continuidade ao que os estilistas já mostravam: uma moda urbana, com elementos e detalhes funcionais, mix de tecidos naturais com tecnológicos.

Agência Fotosite

Nas peças elaboradas em colab com a OH Studio, o plume é sublinhado. Em contraponto à delicadeza da segunda pele, foram elaboradas duas jaquetas, uma calça e uma pochete, contando com diversos bolsos e zíperes, elaboradas a partir de uma colaboração com a Ã. Nos acessórios, o tyvek - comumente usado em equipamentos de proteção em ambientes laborais - é retraduzido. Uma pochete com shape mais seco e retangular, em tecido papel, pode ser ajustada por fitas reguláveis. Além disso, uma mochila em lona preta dando continuidade na colaboração com a Artéria. A label ainda conta com o apoio dos sapatos da Melissa para apresentar sua nova coleção.

Agência Fotosite

A Också conta com dois diretores criativos, Deisi Witz e Igor Bastos, ambos gaúchos, que buscam inspiração em suas experiências e vivências pessoais, interpretadas por meio de processos bastante intuitivos. O objetivo não é fazer roupas para homens ou mulheres contemporâneos, mas peças que se adaptem a pessoas que perseguem suas aspirações. Juntos, ministram workshops e palestras sobre o processo criativo e já participaram de semanas de moda em Berlim, Vancouver, Milão, Nova Iorque e Paris. Também foram semifinalistas do concurso MUUSE x Vogue Itália - Young Vision Award. A marca vende suas criações pelo e-commerce store.ocksa.com.br. E a gente a ama.

 

 

Asap, 5 anos de boa moda
21 de Junho de 2016 . Por Patrícia Pontalti

Foto Messias Schneider/Divulgação

Fato: a moda é calma em Porto Alegre. E pode ter certeza que estou sendo boazinha, já que uma definição mais adequada seria desértica. Bravos que somos, resistimos a falta de tudo: eventos, desfiles, debates. Sim. Existem iniciativas bacanas, pode ter certeza, mas não há um movimento ou sequer algo que remeta a isso. Incompreensível. Temos designers? Sim. Temos fotógrafos? Sim. Gente da beleza? Ok. Modelos? Lindos. Produtores? Óbvio. Pensadores? Também. Boas lojas? Sem dúvida. O que falta? Incentivo, é lógico, mas também um pouco de vontade dos próprios criadores, de iniciativa de tirar o bumbum da cadeira e fazer acontecer, exatamente como a ASAP fez este final de semana. Um desfile, uma festa, uma junção de gente bacana que deu ares de metrópole ao clima polar da capital gaúcha. Só pela iniciativa, a marca já tem minhas palmas. Mas também pode contar com meus aplausos para a coleção, que celebra os cinco anos de label que tem conquistado elogios além de qualquer fronteira.

 

Óculos de madeira criados pela grife gaúcha Preza para a ASAP

Óculos de madeira criados pela grife gaúcha Preza para a ASAP

A ASAP, nascida como uma grife de camisetas que foi ganhando novas e amplas formas ao passar das coleções, elegeu um estúdio fotográfico como cenário para o desfile exclusivo a convidados, um misto de gente da moda, amigos e admiradores, publicitários, formadores de opinião, um público bem heterogêneo de estilo, mas similar de paladar, coisa que faz qualquer ambiente ficar muito mais agradável: gente diferente, mas que pensa parecido. No primeiro andar do estúdio, uma vídeo-instalação ocupava o amplo ambiente, apresentando o cenário e a movimentação do segundo andar, uma ideia simples, mas de muito valor estético. Me ganharam. No segundo andar, o cenário minimalista, decorado por cordas enosadas, o que já antecipava o tema do desfile, Nossos Nós, certa metáfora aos percalços da trajetória da vida, inclusive à da própria marca. “De nós para nós, desatamos os nós.”

Foto Divulgação

Coeso, os detalhes do ambiente também viraram acessórios nas roupas e na beleza simples e sofisticada, assinada pela equipe do adorável Kapo. As cordas e os nós exagerados decoravam as formas limpas e amplas da ASAP, que bebe de um estilo que jamais perde o vigor e tem fãs confessos da Bélgica ao Brasil, o minimalismo e seus antecessores de passarela que desvirtuaram os ajustes tradicionais da roupa - eu sou das que ama. Com foco no feminino, mas sem delimitar o gênero do público, inclusive as peças são modeladas em uma silhueta masculina, a ASAP brinca com a forma clássica - ou a falta dela. Sua matéria-prima vem suspensa no corpo, sem revelá-lo, em peças amplas que trazem detalhes e recortes que se modificam, provocando, inclusive, a possibilidade de intervenção/interpretação do próprio usuário.

Foto Divulgação

Como da boa escola que os inspira, surgem referenciais esportivos, assimetrias, contraste de cores e texturas e “flertes” da modelagem, que ora parecem uma coisa, mas são outra, como uma barra que sugere um macacão, mas é um vestido. Simples complexidade. Em cartela de cores cobiçadamente básica, a roupa da ASAP conquista pela harmonia de seu discurso, bem orquestrado pelos designers Sérgio Amaro e Gabriel Granja. Se existem alguns nós ainda a desatar para que produto e conceito se tornem cada vez mais sintonizados? Tá, existem, mas isso faz parte do processo de conhecimento e evolução de qualquer marca - e os seus designers já denotam expertise nesse processo se observarmos as coleções anteriores. Certo é que a ASAP está entre as grifes gaúchas que provocam desejo imediato. :)

Ah! Bom falar que a Asap contou com apoio do Kapo, da Preza, da Joy Models e do BeatsStudio.