Sete essenciais de Camila Coelho
10 de Maio de 2016 . Por aspatricias

img_0410

Quem passou pelo Shopping Iguatemi Porto Alegre ontem à noite topou com uma multidão que se formou em frente à loja da Dumond. A marca, uma das atuais queridinhas de fashionistas brasileiras, convidou a top blogueira Camila Coelho para um bate-papo sobre moda e, é claro, maquiagem, especialidade da moça. A ação, exclusiva à loja da capital gaúcha, não poderia ter dado mais certo e reuniu muitas meninas, entre fãs e curiosas.

img_0413

img_0418

Camila Coelho e Carina Leist, da Dumond

Camila atrasou um pouquinho, mas compensou no carisma, na produção (ela é linda mesmo, viu?) e nas selfies que tirou com todo mundo (sempre bastante preocupada com a luz e o ângulo!). Bem simpática ela contou um pouco sobre sua trajetória como blogueira, que começou com vídeo tutoriais para as amigas. Confessou que acha os primeiros vídeos que fez bem “toscos” com a “luz amarela demais”, mas se orgulha deles. Afinal, ninguém começa profissional, né?

img_0421

Camila estava usando uma sandália linda da coleção de inverno da Dumond!

Nós aproveitamos para tirar algumas dúvidas com a expert. Foi rapidinho pra ela poder atender a todas as fãs (que não eram poucas), mas já deu pra captar algumas dicas. Confere:

Qual item você não vive sem?

Corretivo…e batom! (risos). Não vivo sem os dois, mas acho que toda mulher deveria investir em um bom corretivo, ele ajuda a atenuar qualquer imperfeição ou cara de cansada.

Contorno ou Strobing?

Contorno. Pro meu rosto, eu prefiro a técnica do contorno. Só ela vai realmente afinar e modelar o rosto. Agora, para uma mulher que tem as feições mais delicadas, o strobing pode realçar mais. Acho que um  não desbanca o outro como dizem.

Uma maquiagem que muda qualquer look básico?

Batom vermelho e delineado de gatinho. Não tem erro!

img_0416

Qual a sua dica para arrasar no delineado?

Usar o delineador em gel, de potinho, com um pincel chanfrado. Só assim você tem controle do que você está fazendo.

Qual o seu preferido?

Eu amo o da Tarte!

Quais as suas marcas preferidas de make?

Não vivo sem NARS e Lancôme.

E o que pode destruir qualquer maquiagem (e look!)?

Pó muito branco!

Guia Báril de Praia, moda e muito mais
19 de Janeiro de 2016 . Por aspatricias

Foto Divulgação

 

Dica das melhores para o verão: brincos enormes de acrílico, resina ou plástico. Com formas geométricas, grandes e coloridos, são perfeitos para incrementar o visual da temporada. Inclusive, boa notícia, você pode usá-los à beira da praia ou piscina, já que resistem a água e não “fervem” sob o sol como seus primos de metal. Um toque imediato de estilo vindo direto do Guia de Praia Báril, no qual a gente assina a curadoria de moda. Quer saber outras dicas tão bacanas como esta? Então baixe aqui o guia completinho com muitas atrações da estação e dicas das praias do Litoral Norte. Tem gastronomia, programas, cultura e muito mais. Imperdível!

 

 

Dicas imperdíveis do Guia de Praia Báril
15 de Janeiro de 2016 . Por aspatricias

Hoje a gente dá início a um projeto muito bacana, o Guia de Praia Báril. A Báril, responsável por vários empreendimentos diferenciados no Litoral Norte do Estado, decidiu reunir diversas atrações das praias gaúchas em um guia de gastronomia, noite, cultura, diversão, moda. A gente assina a parte de moda e estilo, é claro, enquanto a expert Alexandra Aranovich, do blog Café Viagem, responde pelas demais dicas. Tudo muito rápido, dinâmico e fresco, em hot lists curtinhas que podem ser acessadas pelos clientes Báril e pelos leitores daspatrícias. A gente dá uma palhinha com uma das listas, com cinco trends masculinas do verão, mas se você quiser ver todas elas (que estão ótimas), basta baixar gratuitamente o Guia de Praia Báril e curtir o verão com muito mais bossa. Baixe aqui!

DivulgaçãoCamisa manga curta estampada, o brega que é chique. A onda começou entre a turma indie, que adora resgatar modinhas de outras épocas consideradas até meio cafonas. Foi nessa que se pinçaram as camisas ao estilo havaiano, floreadas. Logo surgiram  outras divertidas padronagens: pin-ups, anjos, automóveis, bolotas, dragões, caminhonetes. O importante aqui é mais é mais, o bem-vindo toque de exagero que tem tudo a ver com a tropicalidade deliciosa de verão. Ah! E vestir com muito bom humor.

Sunga, meu sungão. Embora muitos homens torçam o nariz para as sungas – e muitas mulheres façam coro quando o assunto é desprezar o tal modelito, defendendo a bermuda como melhor roupa de praia –, precisamos ser sinceras que a sunga, a grande sunga, bem grandona, é a mais fashion das alternativas. Como diria o outro, #ficaadica.

Calça curtinha, charme imediato. A gente é suspeita a falar porque adora este comprimento, que terminaDivulgação um pouquinho antes ou exatamente no ossinho do tornozelo – e sempre com um corte mais ajustado, mais juntinho ao corpo. Quer melhorar a performance fashion ainda mais? Use a calça curta e estampada. Vale flores (a principal estampa), listrados, xadrezes, tudo em cores aquarelados, mais clarinhos. Vai arrasar.

DivulgaçãoLight jeans, iluminando o visual. Seja na bermuda, na camisa ou na calça, o jeans masculino do verão surge mais clarinho, quase flertando com o branco. Vale inclusive apostar nas cores claras com efeitos de desbotados localizados, manchados, tie-dye.

Tênis branco, a bossa. Sem dúvida, o mais bacana da temporada, principalmente os modelos trainer,  ao estilo dos usados em práticas esportivas. Use com jeans, com calças de alfaiataria (aquelas curtinhas que a gente falou aí em cima), com bermudas.

Short de alfaiataria, um coringão
10 de Agosto de 2015 . Por Fernanda Cassel

Uma contradição em três palavrinhas: short de alfaiataria. Quando fala-se “short”, logo colocamos a palavra em algumas caixinhas: situação informal, visual mais jovem, look final de semana. Já “alfaiataria” vem acompanhada de outros pré-conceitos: situação de trabalho, visual mais sério, look social. Eis que surge essa deliciosa peça híbrida, o short de alfaitaria, uma peça que transita entre esses dois conceitos, que não é tão social, mas também não é um shortinho jeans para se usar com cropped de tricô à beira da praia. Ele fica, digamos, no limbo. Anda na corda-bamba. Lindo, mas e aí? Como, onde, quando usar a peça? Em uma situação muito específica, que fica exatamente entre o social e o despojado, que acontece uma vez ao ano, em noite de lua cheia? Não, a beleza do short de alfaiataria é que, assim como muitas peças coringas, ele é o que o styling faz dele. Quer ver?

Fotos reprodução internetFotos reprodução internet

Uma alternativa muito bem vinda ao short jeans, queridinho das baladas e barzinhos. O short de alfaiataria é um pouco mais comportado, por isso ele equilibra bem com croppeds, peças com brilhos e decotes alongados. Para usar os modelos mais curtinhos e até mesmo estampados, viu? É puro charme jogar um blazer desestruturado por cima do look, deixando as pernas alongadíssimas com um bom salto. Sem medo de ser feliz.

Fotos reprodução internetFotos reprodução internet

Tem alfaiataria no final de semana, minha gente! Quem disse que o jeans precisa ser o uniforme da descontração? Não mesmo. Como essa peça é confortável e mais curta, ela rende boas produções com camisetas soltinhas, rasteiras, peças de materiais leves e acessórios mínimos. Para acordar tarde no domingo, montar o look quase dormindo e mesmo assim não errar.

Fotos reprodução internetFotos reprodução internet

Pode usar short de alfaiataria no trabalho? Pode, mas é preciso lembrar de alguns detalhes. Primeiro, nem todo ambiente de trabalho é igual, alguns lugares não toleram peças curtas de jeito algum, por isso, melhor não forçar a barra e deixar essa pecinha “coisa-mais-amada” só para os momentos de descontração. Agora, se o local de trabalho é daqueles boa pinta, que permite uma liberdade maior, então o short de alfaiataria pode ser uma ótima aposta nos dias mais quentes. Use peças mais soltinhas, procure maneirar no comprimento e combine com camisas e blazeres. Voilà!

14 dicas essenciais para uma gestante de estilo
13 de Janeiro de 2015 . Por Patrícia Pontalti

A gente sabe bem como funciona porque já passou por esta fase e sentiu na pele as dificuldades – e todas as delícias – de ser uma gestante. Embora diferente para cada mulher, este é um período lindo e pode ser aproveitado ao máximo também no quesito visual. Quer saber?! Grávidas sempre são cheias de charme, cada qual com seu estilo, sua beleza, sua personalidade, sua idade. E o interessante é saber valorizar exatamente essas diferenças na hora de escolher a roupa que imprima nossa personalidade e proporcione o conforto mais do que necessário nessa fase tão especial.

Não deixe de ser você porque está grávida, ou seja, busque sempre peças que tenham a ver com o que você sempre curtiu, que revelem ou traduzam a sua essência. Aí tudo começa com o pé direito. Depois tente fugir ao combo básico de toda gestante (camiseta, legging, macacão amplo), deixando de lado a preguiça fashion e exercitando a criatividade.

Sempre se pergunte: esta é mesmo a melhor opção ou posso incrementar esta roupa? Geralmente, a gente pode investindo em um acessório, um detalhe de cor, uma estampa diferenciada, uma modelagem mais ousada.

Confira nossas dicas e aproveite muito esta fase. A gente jura que até dá saudade da barrigona depois que o bebê nasce. Curta muito!

1. Escolha tecidos que não amassem, que tenham um pouco de stretch para facilitar os movimentos, que sejam gostosos ao toque. O mesmo vale para sapatos. Esqueça os saltos muito altos. O mais bacana é usar rasteiros, como sapatilhas, mocassins ou chinelinhos, os saltos médios e os anabelas e plataformas baixos, que garantem mais estabilidade.

gra7

 

2. Evite vestidos, camisas, casacos, blusas ou camisetas muito folgadas. Não é porque você está grávida que precisa usar modelagens amplas. Pelo contrário, dê preferência a cortes mais ajustados, que contornem a sua nova silhueta. Sim! Grávidas podem usar roupas justinhas, caso sintam-se bem. A gente ama gestantes de saias lápis e vestidos que contornam as curvas. Fica lindo!

dica2

3. Não tenha medo de mostrar a barriga. Afinal, este é o único momento da vida que a barriga é linda e pode ser valorizada com as roupas.

gra17

 

4. Valorize o colo. Durante a gravidez, os seios ficam lindos. Use decotes que mostrem, com equilíbrio, esta parte do corpo.

gra11

:: Primeiro verão! Saiba os cuidados que você precisa ter com bebês na praia | Vanessa Martini
:: Como prevenir – e se livrar! – das temidas estrias durante e depois da gestação

5. Vestidos trapézios (que tem essa forma) ou com decote logo abaixo do busto são boas opções, assim como os modelos tipo camiseta.

gra8

6. Escolha suéteres em forma de túnica, mais retos no corpo, ou cardigã, destes que têm abotoamente frontal. São uma ótima opção para serem usados sozinhos ou sobre camisetas.

7. Calças com elástico no cós, modelo jogging ou estilo pijama são uma ótima opção, assim como os vestidos chemisier (ao estilo camisa), que podem ser usados, inclusive, sobre calças justinhas ou folgadas, resultando em um visual mais descontraído.

gra10

8. Dê uma passadinha no guarda-roupa do papai do bebê. Um paletó, um moletom, um colete ou uma camisa podem ser coordenados a peças mais ajustadas e superfemininas, garantindo um visual singular e elegante. Já imaginou um paletó grandão com um vestido romântico?! Fica perfeito. Ou quem sabe um camisa enorme usada com uma calça bem sequinha e sapatilhas. Ou ainda uma calça cargo usada com um batinha bem delicada. Enfim, vale o “assalto”.

gra20

9. As batas são uma ótima opção para as grávidas, assim como os paletós sequinhos, de tecido de algodão, que podem ser usados sobre camisetas. Eles nem precisam ficar fechados, viu?

gra9

 

10. Capriche nos acessórios. Eles podem “modernizar” o seu visual. Opte por peças mais rentes ao pescoço, pulseiras e brincos, que valorizam o rosto.

gra15

11. Um vestido tubo de Lycra é perfeito para a gestação, afinal, vai acompanhar você durante os nove meses. O comprimento ideal é abaixo dos joelhos. Pode ser usado sobre calças, com botas de cano alto, com chinelos rasteiros, embaixo de camisas, enfim, um coringa perfeito.

gra2

12. Saias mais compridas, abaixo do joelho, alongam a silhueta e disfarçam a parte da frente mais curta na bainha.

Jessica Alba Does Some Shopping For Baby Supplies

13. Sobreposições de camisetas são interessantes, como uma regata sobre a outra. Dá um toque diferente. Fica perfeito com jeans ou até mesmo com uma calça de alfaiataria de cintura baixa e tênis.

gra4

14. Lembre-se: não é porque você está grávida que precisa usar roupas formais e deixar de lado as brincadeiras da moda. Faça composições inusitadas, ouse com cortes, divirta-se. Este período é um dos mais lindos na vida de uma mulher.

gra13