Rafaela Tomazzoni estreia coleção infantil
13 de Julho de 2017 . Por aspatricias

Rafaela Tomazzoni/Divulgação

A designer Rafaela tomazzoni está com uma boa nova e tanto: uma coleção especialmente para as pequenas de dois a 12 anos. Neste sábado, quem for ao Mercado Chic, evento dedicado à venda de roupas e acessórios handmade, confere, em primeira mão, as peças em tricô. O evento rola das 11h às 20h no Café de la Musique, em Caxias do Sul.

A coleção Coloridinhas, primeira linha de roupas infantis da estilista, é dedicada às filhas das amantes das peças em tricô. A ideia é inspirar as pequenas com valores como o gosto pelas coisas bem-feitas, a valorização do trabalho manual, o consumo sustentável e, principalmente, um olhar apurado para o lado colorido da vida. A coleção é composta por modelos em malharia retilínea cheios de cor, entre vestidos, moletons estampados, saias, casaquetos, suéteres em jacquard e anáguas, que propõem composições graciosas e inusitadas às meninas. As golas e os casacos tricotados à mão são o ponto alto da coleção, que possui edição limitada e promete aquecer as pequenas com muito conforto e estilo.

Rafaela Tomazzoni/Divulgação

A mini collection segue a mesma temática da coleção atual da grife de knitwear, que trouxe a personagem russa Lara Antipova, protagonista do filme Doutor Jivago, como musa. A inspiração para a criação da linha infantil veio das matrioskas, bonecas que são um importante ícone da cultura russa e chamam atenção pela profusão de cores e riqueza de detalhes. As peças para crianças poderão ser encontradas no Knit Studio, na Rua Angelo Chiarello 2811, sala 1201, em Caxias do Sul, a partir da próxima semana. A gente vibrou!

Joyce Chwartzmann: bijus rústicas e sofisticadas
20 de Julho de 2016 . Por aspatricias

A arquiteta Joyce Chwartzmann sempre amou moda e agora une essa paixão com a expertise na arquitetura e no design para criar uma linha exclusiva de produtos. Para a marca que leva seu nome, a designer desenvolveu bijuterias elaboradas, com pedras essencialmente brasileiras, gemas de cascalhos assimétricas e 100% feito à mão.

Essa primeira coleção chama-se Tramas e são cinco linhas de colares e pulseiras transformados em uma bijuteria maleável, original e especial. As correntes metálicas se misturam com as pedras, caracterizando a peça como rústica e elegante. A escolha pela produção artesanal se deu a partir da vontade de Joyce em manter cada colar, cada pulseira com uma história, feita com cuidado e carinho.

_l5b2412

As peças já podem ser encontradas no www.joyce.com.br e em lojas de Porto Alegre e Canela.

_l5b2405

 

As lindas almofadas handmade de Luciana Andrade
24 de Março de 2016 . Por aspatricias

Foi inspirada nas recordações de sua infância, nas histórias de viagem de navio contadas por sua mãe, em sonhos, e no baú da avó costureira que a estilista gaúcha Luciana Andrade foi buscar inspiração para lançar no mercado uma linha de almofadas feitas à mão.

captura-de-tela-2016-03-03-aaoeas-114539

A estilista tem sua produção slow fashion em seu ateliê na Barra da Lagoa, em Florianópolis, onde vive atualmente. Busca sempre pelos melhores materiais para as três linhas: allegro, adagio e vivace - todas pensadas para decorar a casa com muito estilo e bom gosto. As almofadas são fruto de um trabalho realizado com dedicação e atenção a cada detalhe. Até serem finalizadas, passam por mãos talentosas de bordadeiras, crocheteiras, tecelãs, tricoteiras e costureiras do Ribeirão da Ilha, do Morro das Pedras, do Campeche e da Barra da Lagoa - todas de Florianópolis.

captura-de-tela-2016-03-03-aaoeas-114558

Materiais como lã de ovelha, couro de porco, tiras de crochê e aplicações dão um toque de charme e aconchego aos produtos cheios de vida. São usados, entre outros, o fio de seda da Casulo Feliz, fios de lã Ladrilã e peles da Schmechel Peles Exóticas, empresas que tem produção sustentável. A coleção tem aproximadamente 80 modelos de almofadas, e por serem produzidas uma a uma e a mão, são praticamente únicas e exclusivas. Lindo demais, não é mesmo?

captura-de-tela-2016-03-03-aaoeas-114953