Linhas minimalistas inspiram joias de Le Tolentino
14 de Novembro de 2016 . Por aspatricias

Le Tolentino acaba de lançar a mais nova coleção de joias contemporâneas com o conceito de “minimal design”. Chamada de Vertex, a coleção já está nas lojas e no e-commerce da grife. Ao todo são 30 peças, entre anéis, colares, braceletes e brincos. As formas angulares e assimétricas encontram equilíbrio em cristais, ametistas, topázios e prasiolitas e quartzos. Le Tolentino utiliza prata e pedras preciosas (brutas e lapidadas) em suas criações, além de peças em ouro, sob encomenda.

img_4119

A quarta coleção da designer tem inspiração na arquitetura minimalista, contemporânea e atemporal. Sobre o prisma de que as edificações são geradoras de gestos e intenções, a designer atribui significados às suas joias, que transcendem o simples olhar estético. É um convite ao encontro entre projeto e execução, desejo e realização. O vértice de uma equação.

img_4169

img_4371

Trunk Show H.Stern no Moinhos Shopping
7 de Abril de 2016 . Por aspatricias

 

brincos flor de ouro amarelo 18k coleção niemeyer

Brincos flor de ouro amarelo 18k da coleção Niemeyer

Sabe o trunk show da H.Stern? O evento em que o ouro de joias usadas é aceito como pagamento em novas compras e já é um clássico na agenda da joalheria.  A tradicional promoção gera expectativa e só acontece uma vez por ano em cada loja da rede, portanto, é momento  de aproveitar para reciclar aquelas peças que estão sufocando em algum canto do armário. Aqui em POA, desta vez, rola na semana que vem, dos dias 11 a 16, na H.Stern do Moinhos Shopping.

Durante o trunk show, as joias têm o peso do ouro avaliado por um especialista, e o valor apurado nesta avaliação é imediatamente convertido em crédito para novas compras. No caso das peças que têm pedras, estas não entram na negociação. Apenas o ouro das peças usadas é considerado. As pedras podem ser devolvidas para o cliente ou aproveitadas para a criação de peças exclusivas, desenhadas com a ajuda de um consultor da joalheria. 

Neste período, a H.Stern apresenta uma seleção especial de joias para ajudar os clientes na escolha das novas aquisições. Há desde peças clássicas, como brincos e anéis de ouro e diamantes, até criações exclusivas, como as joias-desejo inspiradas na arquitetura poética de Oscar Niemeyer, as da icônica coleção Stars, entre outras.

Felicitas, joia portuguesa sob olhar contemporâneo
25 de Fevereiro de 2016 . Por Patrícia Pontalti

Obra de Catarina Silva

Obra de Catarina Silva

Atenção apaixonados por joias: tem exposição nova - e encantadoramente instigante - estreando neste fim de tarde de quinta-feira na Galeria Alice Floriano de Porto Alegre (Félix da Cunha, 1.143). A designer que dá nome à galeria, Alice, é quem assina curadoria de Felicitas - Joalheria Contemporânea de Lisboa. motivada pela própria formação e paixão. “A minha conexão com a joalheria começou em Lisboa, lugar que muito me toca. Nada faz tanto sentido como uma tentativa de retribuir todo conhecimento e vivências que lá absorvi, quanto expor nesta galeria em seu princípio, os trabalhos de joalheiros que admiro, onde o fio condutor é esta cidade do meu coração”, conta Alice, que, só para agradecer, é formada em terras lusas.

Pingentes de Diana Silva

Pingentes de Diana Silva

 

 

Mantendo o caráter da galeria de apresentar obras que realmente imprimam impacto e reflitam o novo, Alice selecionou 12 artistas com exímias técnicas e muita criatividade, representantes fundamentais da joalharia dos anos 1980 até os dias atuais. Estão presentes Carlos Silva, Catarina Silva, Cristina Filipe, Diana Silva, Filomeno Pereira de Sousa, Inês Nunes, Inês Telles, Juliana Bezerra, Miriam Castro, Nininha Guimarães dos Santos, Telma Simões e Tereza Seabra.

Anel de Tereza Seabra

Anel de Tereza Seabra

 

 

Delicadeza de joias em crochê
10 de Dezembro de 2015 . Por aspatricias

Foto Divulgação

Uma joia é sempre especial, mas existem algumas que surpreendem e tornam a peça a essência do visual, como as assinadas pela designer gaúcha Aderlize Martins. Fascinada pelo crochê desde a infância, Aderlize elegeu a técnica como elemento principal da sua joalheria, em tramas de fios metálicos que exibem um delicadeza ímpar e serão exibidas hoje, quando ela lança a coleção na loja Pandorga do Instituto Ling, em Porto Alegre, a partir das 19h.

Foto Divulgação

Formada em estilismo e modelagem do vestuário pela Escola de Belas Artes da UFMG, Aderlize exibe um longo currículo em moda, que começou com a marca Sampler, em parceria com o artista Daniel Escobar, entre 2009 e 2012. Na curta trajetória, a Sampler recebeu diversas premiações, com destaque para o Prêmio Rio Moda Hype (Fashion Rio 2011) e o Prêmio Minas Lança Novos Criadores (Belo Horizonte, 2009). Em 2010, Aderlize foi finalista do Prêmio Criativa Novas Estilistas, produzido pela editora Globo. Há três anos, criou a label de joias com seu nome, que agora ganha o primeiro conjunto de peças tecidas com pedras preciosas e semi-preciosas.

Foto Divulgação

Os colares de pulseiras desenvolvidos pela designer surgem de sutis enlaces de fio metálicos, manualmente tecidos, aproximando a cultura popular e a joalheria, o crochê e as pedras brasileiras. Desse inusitado diálogo, que enaltece os detalhes do fazer, nascem formas tridimensionais únicas, somente possíveis na singularidade da técnica utilizada. Um luxo!

Coliseu lança joias assinadas por renomado arquiteto
4 de Dezembro de 2015 . Por aspatricias

“Mostre tua arte ao mundo e ele retribuirá em ouro. “ É com essa frase em mente que o arquiteto e designer Henrique Steyer apresenta sua mais nova criação, uma linha de joias. Executada e comercializada pela Joalheria Coliseu, a coleção é inspirada nas peças mais consagradas do gaúcho. Em tempo: Steyer está com outra novidade, passa a assinar a arquitetura de interiores da incorporadora Cyrela Goldsztein. A estreia dessa parceria estrelada será no Giro Porto Alegre, da Revista Casa Vogue edição dezembro, no dia 8, às 19h30min, no Instituto Ling.

Fotos Divulgação

Voltando às joias, todas são interpretações de mobiliário criado pelo arquiteto, como a tradicional Mesa Macaco, que foi lançada na semana de design mais importante do mundo, em Milão, e já estampou editoriais na imprensa em mais de 35 países, que agora se transforma em adorno. São anéis, pingentes e braceletes em ouro, prata e brilhantes.

A Estante Onça, lançada no Museu Brasileiro da Escultura, em São Paulo, exposta na semana de design em Milão e também reconhecida na mídia internacional, ganha versão para uso pessoal, como anel, pulseira e brinco.

A estante Niño, que já ilustrou páginas das mais importantes revistas do segmento internacional, além de ter sido exposta na Bienal de São Paulo e na semana de design de Milão, assume o papel de joia em diferentes versões.

A gente, que é fã do trabalho do Henrique, amou as novidades.