Alfaiataria é tema de novo livro de Eduardo Motta
25 de Maio de 2017 . Por aspatricias

Eduardo Motta

Eduardo Motta está lançando o livro Alfaiatarias: Radiografia de um Ofício Incomparável, pela editora Senac. O autor resgata o histórico e o know how da alfaiataria clássica, atualizando-o a partir da sua evolução ao longo das últimas décadas. Através de entrevistas, como com a inglesa Kathryn Sargent, primeira mulher a se estabelecer na Saville Row, em Londres, e com João Pimenta, um alfaiate tão preciso quanto iconoclasta, é traçada uma radiografia dessa sofisticada técnica de construção de roupas que, infelizmente, vem sendo cada vez menos difundida.

No livro, Motta aborda questões de gênero, desmistifica a alfaiataria como ferramenta de renúncia dos homens ao jogo das aparências, investiga o papel das mulheres neste terreno tido como masculino e não evita os conflitos entre tradicionalistas e inovadores, entre artesanato e indústria, que cercam a prática da alfaiataria. O livro cobre o período da alfaiataria vitoriana, moderna,  contemporânea, com uma abordagem diversificada e dinâmica do tema.

Eduardo Motta é consultor e editor de moda, diretor criativo e de conteúdos da Radar - Inteligência e Projetos de Moda. Também é autor dos livros História do Calçado no Brasil: um Olhar Histórico, O Lugar Maldito da Aparência e Meu Coração Coroado: Mestre Espedito Seleiro.

Em tempo: esta semana, mais precisamente hoje, Motta lança o livro no Dragão Fashion, que rola em Fortaleza, no Ceará.  No dia 30, no Moda Documenta, em São Paulo.

Rui lança livro de moda para colorir
30 de Setembro de 2015 . Por aspatricias

 

Se olhar para a história da moda gaúcha, um nome sempre desponta, sobressai, brilha: Rui Spohr. Com uma trajetória de destaque e muito talento, Rui marcou décadas de estilo no RS. Foi um dos primeiros estilistas do Brasil a estudar moda em Paris, é um chapeleiro de mão cheia, um entender do processo de costura como um todo, do desenho ao marketing. Atuante até hoje, Rui está em um processo de transmutação - sim, mudanças são bem-vindas em qualquer fase, em qualquer idade, em qualquer nível profissional. O “brand refresh”, coordenado pelo publicitário e diretor de arte Duddu Vanoni, envolve diversas ações, como projetos institucionais, culturais e de marketing. Um bom exemplo é o que motiva este post hoje o lançamento da coleção cápsula Croquis e uma aula aberta no Instituto Ling.

Foto Divulgação

A coleção Croquis traz uma camiseta, um lenço e uma caixa com 20 lâminas para colorir, com os desenhos favoritos do designer a partir de suas colunas no jornal Correio do Povo publicadas entre 1996 e 2001. Reunidas em uma caixa em formato de livro, as 20 lâminas com croquis formam uma linda coleção de arte para colorir, emoldurar, decorar, presentear. Há também a opção de uma única ilustração em um envelope. A caixa Rui Spohr: Moda & Estilo para Colorir tem edição especial com valor unitário de R$ 135. Já os cards com envelope podem ser adquiridos por R$ 14 cada um. A sessão de autógrafos acontece às 11h do sábado, dia 3 de outubro, na Livraria Cultura do Bourbon Country, em POA.

Foto Divulgação

No 6 de outubro, rola o lançamento de mais dois artigos: uma camiseta e um lenço. Os produtos foram criados exclusivamente para venda na loja Pandorga do Instituto Ling, palco da estreia a partir das 19h. Longe do padrão T-Shirt, a camiseta é a releitura da modelagem de uma peça da Coleção “Seixos”, de 1987/1988. Confeccionada em meia malha na cor branca, é estampada com alguns dos croquis da caixinha para colorir. A edição é limitada e numerada e vem com três opções de estampas.

Já o lenço tem um tamanho que permite inúmeras possibilidades de uso: cachecol, canga, top, sobressaia, turbante, faixa e o que a imaginação permitir. O grande quadrado de 1,40m X 1,40m foi elaborado em seda mista estampada com os croquis originais Rui Spohr publicados em sua coluna dominical no jornal Correio do Povo.

Foto Divulgação

Em 24 de outubro, também no Instituto Ling, das 10h30min às 12h30min, acontece a palestra De Paris a Porto Alegre: Emoção e Criação na Trajetória de Rui Spohr. Carreira, pioneirismo e contribuição para a organização de uma moda produzida no Sul do país são alguns dos pontos a serem abordados no bate-papo com Rui Spohr, com mediação da pesquisadora Renata Fratton. De forma intimista, o estilista vai falar sobre seu período de estudos em Paris, os desafios no início da carreira, o reconhecimento nacional lançando ainda um olhar sobre a moda contemporânea. A palestra custa R$ 90 - e R$ 45 para estudantes. Inscreva-se aqui!

Nova York - e outros roteiros - com os pequenos
2 de Julho de 2015 . Por Patrícia Pontalti

Se tem algo que muda quando a gente tem filhos é a maneira como se encara uma viagem, principalmente quando eles são pequerruchos e vão junto, é claro. Admitamos, mamães, o esforço extra começa ao sair de casa, quando temos que pensar em um mar de coisas para os pequenos, e segue na hora de escolher o roteiro: os de fácil acesso, os que tenham algum atrativo para eles, os que ofereçam menor risco, os que sejam divertidos, os que tenham ala recreativa, os que contem com serviço de babá. E assim, muitas vezes, a gente deixa de lado os desejos próprios pensando nos filhotes, pelo menos até pegar prática ou encontrar alguém que nos dê uma forcinha com dicas das melhores que facilitem esse dia a dia familiar. Ops! Eis aqui a segunda opção: roteiros como o assinado pela jornalista gaúcha Fernanda Ávila, que lança, na Palavraria (Vasco da Gama, 164, Bom Fim, POA) neste sábado, às 17h, o Nova York com Crianças.

Reprodução

Destino cobiçado por amantes da arte, da gastronomia, da moda, do teatro - ufa, de tudo! -, Nova York pode parecer até um pouco aterrorizante quando se está com crianças, né mesmo?! Não, responde Fernanda, não se você souber onde ir, garante esta especialista que conheceu Nova York também criança, aos 12 anos, e chegou a morar por lá quando fez curso de cinema.”É um lugar onde me sinto à vontade, tenho meus cantinhos preferidos, gosto de voltar sempre que posso. Acabei transmitindo isso para as meninas”, conta.

No guia, esta mãe que adora viajar na companhia das filhotas, Marina, de 11 anos, e Olívia, de cinco, desvenda as atrações e os programas imperdíveis para os pequenos - e isso com o aval das meninas, o que faz o conteúdo ficar ainda mais verossímel. Sim. Herdeiras da paixão da mãe por NY, mergulharam no universo infantil e elegeram seus lugares preferidos para rechear o conteúdo do guia. “Quando fui a primeira vez com a Marina, em 2013, ela mesma pesquisou e fez uma lista dos lugares que gostaria de conhecer. Na volta, registrou tudo o que mais gostou e passou a dar dicas para as amigas que iriam para lá também. Ela tem talento pra isso!”, comenta Fernanda, que também é sócia da Pulp, que editou o livro. Durante o processo de criação do guia, a autora voltou para a cidade duas vezes na companhia de suas partners. O interessante é que as personalidades diferentes de Olívia e Marina apontaram para caminhos diversos por lá, o que deixou o conteúdo ainda mais rico.

Foto Divulgação

O guia ainda traz um capítulo especial com os high lights da cidade. Museus, passeios, parques, lojas, restaurantes, dicas de hospedagem e até um dicionário básico de termos relacionados ao universo da infância fazem parte do conteúdo. Outra boa notícia?! O livro faz parte da coleção Crianças a Bordo, idealizada pela editora Pulp e que apresenta dicas similares para várias cidades do mundo: São Paulo, Londres, Paris. Um mimo necessário para os papais. Eu, certo, vou querer vários!

E se você ficou tão curioso quanto eu, Fernanda também é uma das autoras do blog Viajo com Filhos, que traz muitas dicas e sugestões do mesmo estilo para papais apaixonados por viagens. Vale visitar!

 

Bloom Brasil, o novo projeto de Li Edelkoort
27 de Março de 2014 . Por aspatricias

Foto divulgação Lojas RennerFazendo um paralelo entre a diversidade natural e a diversidade de raças e cultura brasileira, a holandesa Li Edelkoort lança o livro Bloom Brasil, um catálogo visual das belezas do país. O projeto consiste em um ensaio fotográfico que, junto do livro, compõe uma obra que reflete a moda, design, pintura, escultura, entre outros reflexos culturais brasileiros.

Bloom é uma revista que combina moda e cultura, criando bancos de imagens inspiracionais, tudo sob curadoria de Li Edelkoort. Além de organizar esse projeto, Li é caçadora de tendências, diretora criativa e referência em diversos campos disciplinares, fazendo da mais recente edição da Bloom uma ferramenta de estilo, inspirada no Brasil.

Li Edelkoort estará no Brasil dia 1º de abril para apresentar o novo livro, a convite da Lojas Renner. O encontro acontecerá no Centro Brasileiro Britânico, em São Paulo, e após o lançamento a Bloom Brasil poderá ser encontrada nas livrarias.

Making of Bloom Brasil

Making of Bloom Brasil

Esse projeto é patrocinado pela Lojas Renner com realização do Ministério da Cultura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

 

It, por Alexa Chung
5 de Fevereiro de 2014 . Por aspatricias

Alexa Chung vem sempre repleta de adjetivos. Para cada vez que é descrita como “estilosa”, algum tablóide a considera “meio estranha”, para cada “it-girl”, um “magra demais”. Mas são de opiniões fortes que surgem grandes celebridades e, aproveitando-se desse status, a princesa inglesa do estilo lançou o livro It, que se revelou um sucesso de vendas no inverno londrino.

Nascida em Hampshire, na Inglaterra, Alexa, com seus 30 anos, já tem uma grande bagagem de projetos e colaborações. Ganhou três vezes a categoria estilo do prêmio British Fashion Awards, apresentava um programa de tevê chamado Fuse News, têm uma bolsa da Mulberry que carrega seu nome, possui uma linha de cosméticos em colaboração com a marca Eyeko, é editora contribuinte da Vogue UK… A lista continua – e promete aumentar! Alexa já revelou que possui planos para lançar uma linha própria de roupas num futuro próximo.

Alexa com a bolsa Mulberry que leva seu nome / Livro It.

Lançado em setembro passado, o livro está em primeiro lugar entre os mais vendidos de fotografia de moda na Amazon e segura a segunda posição entre os livros de design de moda (perdendo apenas para DV, biografia de Diane Vreeland), do mesmo site. Vem repleto de inspirações, dicas de estilo, ilustrações e relatos pessoais, conquistando assim o mercado.

Mas o que o torna mesmo tão atraente para os leitores? Além da abordagem leve e divertida de Alexa Chung quando se trata de moda, é baseado no estilo pessoal da britânica, sendo esse justamente o motivo da sua fama. Para quem gosta do visual rock-romântico com uma elegância clássica, Alexa serve como uma bela inspiração.

Confira abaixo três dicas de Alexa Chung para o inverno:

*Para se manter estilosa mesmo nas temperaturas baixas, aposte em blusões de modelo cropped, que terminem na cintura, usados com saias ou calças de cintura alta.

*Capas são peças-chave no guarda-roupa de inverno, uma grande aposta para onde o clima é mais gelado.

*Dar preferência a sapatos baixos ao invés de saltos, sempre que a situação pedir um mínimo de conforto.

Originalmente publicado no Blog da Dell Anno.