As semi-joias inspiradas na natureza de Fabiane Montemezzo
21 de Junho de 2017 . Por aspatricias

A caxiense Fabiane Montemezzo lança hoje a segunda coleção de semi-joias autorais. Chamada Platun, os modelos serão apresentados a partir das 17h, na Cubo Galeria de Arte Contemporânea, em Caxias do Sul. A designer inspirou-se nos plátanos, árvores típicas do outono-inverno gaúcho, para criar a cartela de cores das peças, que utilizam como materiais as pedras brasileiras e a madeira.

Fabiane Montemezzo/Divulgação

A coleção ganhou um ensaio de moda, em meio à natureza, produzido por Marina Duda Martini, com fotografia de Tuany Areze. A modelo Laura Zorrer deu vida às peças com formas geométricas que deram vida às assimetrias improváveis. Tudo muito lindo.

Fabiane Montemezzo/Divulgação

Conhecida no mercado criativo de produção de acessórios há três anos, Fabiane tem como prioridade trabalhar com produtos extraídos da natureza. As formas orgânicas e contemporâneas são constantes em todas as suas peças. Já o processo de criação foi baseado em pesquisa de tendências mundiais, em grandes nomes da moda e na adaptação desses conceitos em sua forma de produção. Mais informações pela página do Facebook @fabimontemezzo.

 

 

Os tapetes súper fofos da PicNic
10 de Março de 2016 . Por aspatricias

Quem não ama passear no parque, na praia ou no campo? Marcar um encontro romântico à beira de um lago? Festejar um aniversário infantil ao ar livre?

555cedf32c43c

Foi pensando nesses momentos especiais que Carol e Lourenço Sanvicente criaram o PicNic. O casal apaixonado pela natureza e por passar tempo com a filha, Antônia, se inspirou nas atividades em família para criar o tapete impermeável, anti-mofo, de material resistente e maleável, fácil de limpar e perfeito para sentar no chão em qualquer lugar. Com 1m40cm, o PicNic pode ser usado em praias, parques e até dentro de casa, e vem em diversas cores e estampas maravilhosas, como a de flamingos e a inspirada na obra de Jackson Pollock, nossas escolhidas. O melhor? O tapetinho ainda vira uma bolsinha com bolsa para carregar por aí.

5672e5aad3c02

555e46e5ef7df

Ocksa na Casa de Criadores
24 de Abril de 2015 . Por Fernanda Cassel

Foto divulgação OcksaNão escondemos que, por aqui, a gente adora a marca gaúcha Också (eu, pelo menos, deixo clara a minha admiração pelos jovens designers, Deisi e Igor). As mentes inovadoras e o pensamento livre da dupla inspiram coleções incríveis, de conceitos apuradíssimos - uma delícia de se ver no competitivo (e repetitivo) mercado nos qual nos encontramos. Hoje, temos novidades vindo da Också. A marca apresentará a coleção de verão 2o16 na Casa de Criadores e, em comemoração aos 18 anos do evento liderado por André Hidalgo, preparou um desfile especial que permitirá a interação do público. Ah! Um parêntese: e a gente fica ainda mais feliz porque foram as patis que falaram da grife para Hidalgo.

Como a Också não trabalha com estações delimitadas, usando temas que regem as coleções de cada ano, e, a partir da coleção de verão 2016, Deisi e Igor produzirão um único assunto anual, deixando de lado o calendário dividido em dois. A temática que dá o start nesse novo modelo de produção da marca é a natureza. Fugindo dos clássicos elementos que vêm à mente quando tratamos a fauna e a flora como norte para uma marca, a natureza da Också é aquela que sobrevive dentro do ambiente concreto e abandonado, conferindo à coleção o nome de Coexistência.

Fotos divulgação Ocksa

O orgânico interage com o inorgânico, na forma de sementes, galhos e folhas que intercalam-se com lacres de segurança, redes de pesca e esponjas de látex. Longe do basicão tropical, não é mesmo? A cartela de cores reflete essa inspiração, com verdes oliva e grama junto de cinzas claro e chumbo, o azul royal pontua a paleta, sendo a cor mais aberta da coleção.

A distinção de gêneros? Non ecziste. As peças possuem shapes amplos e leves, não limitando-se a público algum, entre elas calças, bermudas, cardigans, camisetas, biquínis, sungas e vestidos, realizados a partir da técnica de moulage, deixando os tecidos apresentarem seus caimentos naturais. Foram utilizados tanto materiais naturais quanto sintéticos, como rayon, moletom, nylon, tricô manual, telas e acrílico, deixando algumas costuras sobrepostas e o acabamento com visual “inacabado”, marca característica da Också que, nessa coleção em especial, age como uma alusão à selvageria da natureza no contexto urbano.

O desfile da Också na Casa de Criadores acontece hoje, sexta-feira dia 24 de abril. Aqui você confere os croquis que originaram a coleção Coexistência, uma pequena mostra do que a marca está preparando para o verão 2016.

Foto divulgação Ocksa

L’Occitane, bem brasileira!
23 de Junho de 2014 . Por Fernanda Cassel

A L’Occitane, recentemente, deu vida a uma marca com gostinho - ou será cheirinho? - brasileiro, que agora comemora uma nova parceria com o estilista Ronaldo Fraga.

Foto reprodução L'Occitane au Brésil

A L’Occitane au Brésil é a versão com samba no pé da marca francesa, com linhas dedicadas às matérias-primas brasileiras e suas respectivas regiões, além disso, cada linha possui uma embalagem ilustrada por um diferente artista do país, conferindo uma identidade única para cada bioma.

As embalagens mantém a estética provençal, que é identidade-mor da L’Occitane, mas as ilustrações são cheias de bossa, como só os artistas daqui saberiam aplicar. A mistura franco-brasileira deu certo e o resultado está aí!

Foto reprodução L'Occitane au Brésil

A linha Mandacaru, é dedicada à Caatinga; Jenipapo, ao Cerrado; Vitória-Régia, à Amazônia; Bromélia, à Mata Atlântica; Araucária, à Mata das Araucárias; e, por fim, a Aguapé, ao Pantanal. Essa última recebeu os traços de Ronaldo Fraga na embalagem, com as flores lilás da planta aquática aguapé, ilustradas no rótulo do xampu, condicionador, spray extrabrilho, água de colônia, loção corporal e sabonete que compõem a linha.

O DNA Ronaldo Fraga respira Brasil, então nada mais justo que o mineiro ser um dos escolhidos, para vestir a L’Occitane au Brésil, com as belezas naturais daqui. Abaixo o artista conta um pouquinho sobre o processo de criação por trás da embalagem da linha Aguapé, com o carisma de sempre!

Crocco + Ogro Cor
3 de Junho de 2014 . Por aspatricias

Uma união entre quatro talentos, visando um produto final que além de lindo, é funcional e sustentável. Esse é o projeto Crocco + Ogro Cor, que lança dia 4 de junho, em Porto Alegre, a nova coleção que conta com um acréscimo de seis novos modelos de pranchas, além de outras peças relevantes ao universo do surfista, como toalhas, saídas de praia e bolsas.

As estampas que permeiam as novas peças da coleção seguem o mesmo conceito da já existente união entre Studio Crocco DesignOgro Surfboards. As ranhuras e entranhas do cerne da madeira, que formam grafismos geométricos, agora apresentam versões coloridas, adicionando ainda mais charme à esse projeto. Topomorfose, nome da técnica realizada por Heloísa Crocco, trabalha com a “impressão digital da natureza”. O resultado dança entre o rústico e o urbano, em uma mistura que enche os olhos!

Foto divulgação Crocco + Ogro Cor

As outras duas envolvidas nesse projeto são as marcas Vuelo e Auá, que trazem as suas especialidades próprias para a parte da coleção relacionada à moda. A Auá entrou com a estamparia e os cortes das peças, enquanto a Vuelo trabalhou com a característica sustentabilidade inerente à marca - as peças da coleção Crocco + Ogro Cor foram realizadas com o reaproveitamento de câmara de pneu e náilon de guarda-chuva.

O lançamento dessa parceria entre Studio Crocco Design, Ogro Surfboards, Vuelo e Auá, se dará dia 4 de junho, das 17h às 20h na Rua Simão Bolívar, 603, em Porto Alegre.