As Patrícias e Patrícia Motta
21 de Janeiro de 2015 . Por aspatricias

Top 8 SPFW inverno 2015 - tendências?
10 de Novembro de 2014 . Por Fernanda Cassel

Direto ao que interessa: nenhuma das tendências abaixo fará o queixo cair. Não adianta, aquela palavra relativamente nova - mas que já estamos enjoando de ouvir - virou ordem das passarelas. Sim, o querido normcore, uma moda mais básica e atemporal que pegou certo nojinho de ser “fashionista”, é o que mais rolou no São Paulo Fashion Week. Como falou a Pati Pontalti “menos piração, mais foco no que vende”. Quer dizer, as tendências não vieram na linha “meu deus, como eu vou usar isso na vida real?!”. Modelos poderiam sair da passarela direto para um happy hour, uma festinha, um dia no escritório, com algumas leves alterações - e ninguém as chamaria de loucas, exageradas, Anna Dello Russo. Isso é bacana? Por um lado, sim. Menos fantasia quer dizer mais acessibilidade. Porém atenção! Acessibilidade em termos de usabilidade, não de preço, afinal uma “tendência” nada agradável parece ser o aumento nos cifrões (credo!). Ou seja, menos conceito e mais dindin saindo da carteira. No entanto, já se sabe que, quando surge uma forte linha estética, logo atrás vem o extremo oposto para desbancá-la. Será que veremos em alguns meses/anos o surgimento do overcore? Prepara as penas e os paetês, que o inverno 2016 tá dobrando a esquina…

Vamos ao Top 8? Vamos.

Caudas

Fotos Fernanda Calfat, Marcio Madeira e Agencia FotositePara quem ainda lembra/sonha/tem pesadelos com as saias e vestidos do tipo mullet, as caudas estão aqui para preencher esse vazio (ou voltar a infernizar, depende da relação que cada um possuía com as peças). Elas vieram levemente alongadas atrás ou com uma diferença bem grande de comprimentos. Quem fez: Animale, Osklen, Tufi Duek, Uma Raquel Davidowicz e Wagner Kalliendo.

Marrom

Fotos Marcio Madeira e Agencia FotositeTodos os tons de marrom, dos mais avermelhados, esverdeados até os quase pretos. Apareceram em looks contracenando com outros tons terrosos ou em visuais com a cor da cabeça aos pés. Quem fez: Alexandre Herchcovitch, Amapô, Animale, Colcci e Victor Dzenk.

Alfaiataria desconstruída

Fotos Marcio Madeira, Agencia Fotosite e Fernanda CalfatCamisas sem as mangas ou de modelagem diferenciada, calças fluídas, cortes assimétricos, sobreposições… O que quase não se viu foi a alfaiataria clássica, os modelos despojados e que parecem despencar do corpo estavam bem mais presentes. Quem fez: Alexandre Herchcovitch, Animale, Reinaldo Lourenço, Osklen e Sacada.

Cintura marcada

Fotos Agencia FotositeSeja em looks ajustados, acrescentando uma dose extra de sensualidade, ou sobre peças de modelagem ampla, para dar uma definição a mais na silhueta, a cintura foi um ponto focal nas passarelas do SPFW. Com faixas, cintos e até amarrações de camisas e casacos, evidenciando bem a área. Quem fez: Lino Villaventura, Lolitta, Pedro Lourenço, Victor Dzenk e Vitorino Campos.

Comprimento mídi

Fotos Agencia FotositeNão adianta. A gente já falou no inverno passado, no verão e - anota aí - vamos falar no inverno que vem de novo. Quando a moda resolve trazer à tona algo, difícil fazer ir embora (as calças skinny não estão aí até hoje?!). Que bom que os comprimentos mídi são uma tendência que esbanja charme, pois ainda os veremos muito. Quem fez: Fernanda Yamamoto, GIG Couture, Lino Villaventura, PatBo e Ronaldo Fraga.

Casacos volumosos

Fotos Agencia Fotosite, Marcio Madeira e Fernanda CalfatNada de mixaria na hora de fazer uma sobreposição, deixe para a peça de baixo ser quietinha, por que o casaco do inverno 2015 vai gritar a todo o volume. Máxi-cardigãs, casacões de pêlo falso, tramas largas e tudo que ampliar o visual (e o estilo). Quem fez: Amapô, Fernanda Yamamoto, Osklen, Ronaldo Fraga e Sacada.

Transparências

Fotos Agencia FotositeSeja em pontos localizados da silhueta, em camadas ou em todo o look, as transparências vão dar as caras no inverno brasileiro. Afinal, quem tem calor o ano todo em grande parte do país, pode aproveitar uma leveza até na estação que “deveria” ser fria - e isso sem falar nas costas de fora, nas fendas, nos decotes Vs looooongos. Quem fez: 2nd Floor, Acquastudio, Animale, Cavalera e Lolitta.

Jeans

Fotos Agencia FotositeO rei do normcore. O pai do visual chic sem esforço. O melhor amigo dos dias em que se acorda sem vontade de montação. É uma tendência ou apenas um esforcinho das marcas para agradarem a todos, incluindo um pouquinho de jeans nas coleções? O importante é que: teve muito jeans no inverno 2015 da SPFW. Quem fez: Animale, Cavalera, Colcci, Triton e Vitorino Campos.

AsPatrícias no Minas Trend inverno/15
23 de Outubro de 2014 . Por aspatricias

Top 6 - Tendências na LFW verão 2015
22 de Setembro de 2014 . Por Fernanda Cassel

Os desfiles da LFW me causaram certo estranhamento. Londres, a enfant terrible das semanas de moda, me pareceu um pouco mais comercial que o costume. Não que isso seja ruim, mas a irreverência que é esperada dessa fashion week em especial me pareceu um pouco mais domada, mais comportada, mais lady, retrato do que está acontecendo em todo o mundo, da pressão do mercado, do aceno de uma crise - mas isso é assunto pra outro post. Enfim, menos Londres também menos terrible. No geral, as coleções estavam sutis e muito elegantes, tanto que duas tendências que permearam a maioria dos desfiles foram a transparência e a fluidez das peças.

Tom Ford foi previsível (mas não menos delicioso, com as referências bondage de sempre), Vivenne Westwood trouxe uma alfaiataria pirata (com o “clássico” toque punk da mãe do punk) e Peter Pilotto, mestre das estampas, foi um dos pontos altos de toda a LFW, buscando na cultura dos ravers o colorido que iluminou e penúltimo dia da semana britânica.

Foto reprodução internet Vogue.com

Desfile Peter Pilotto LFW SS2015

Abaixo estão seis das tendências da Fashion Week de Londres, detalhes que se repetiram e criaram um link entre os diferentes desfiles. Vem comigo!

1- Academia luxo

Fotos reprodução Style.com

Fofoca fresquinha: o esporte não está mais flertando com a moda. Mas calmaí. A novidade é que os dois assumiram um relacionamento seríssimo! O elo de tempos entre luxo e referenciais esportivos, reforçado recentemente pela Chanel, que usou tênis no desfile para o verão 2014 da alta-costura, parece não ter fim. Em Londres a produção milionária-fitness se traduziu em calças de moletom com aplicações de pedrarias e vestidos de tule usados com tênis de corrida. Quem fez: Ashish, Burberry Prorsum, Richard Nicoll, Topshop Unique e Vivienne Westwood Red Label.

2- Aqua Perolado

Foto reprodução internet Style.com

Os tons suaves de azul recebem um tratamento luminoso, seja pelos tecidos que carregam uma iridescência ou por uma aplicação de paetês nessas tonalidades. O aspecto lembra o fundo do mar, dando um quê de sereia para as modelos. Quem fez: Ashish, Felder Felder, Julien Macdonald, Mary Katrantzou e Richard Nicoll.

3- Babado

Fotos reprodução internet Style.com

As camadas e camadas de tecido, formando os famosos babados, eram ora fluídas (como nos hiper-femininos vestidos da Marchesa) ora estruturadas (como nas ondas definidas do modelo de Julien Macdonald). Mas lembre-se, babado é igual a volume, então é bacana tomar cuidado na hora de adaptar a tendência, para não desvalorizar a silhueta! Quem fez: Burberry Prorsum, Julien Macdonald, Marchesa, Topshop Unique e Vivienne Westwood.

4- Franjas

Fotos reprodução Style.com

Falar de boho e folk chegando perto do verão é meio que chover no molhado. Sempre tem, sempre é hit! Mas a maioria das franjas que vimos na LFW não seguiam tanto essa linha boêmia e, sim, algo mais minimalista, adornando a barra de uma camiseta (em Paul Smith); rocker, nas peças em couro de Tom Ford; ou até mesmo superdelicadas, na pontinha de um tecido que envolve o vestido Marchesa. Quem fez: Felder Felder, House of Holland, Marchesa, Paul Smith e Tom Ford.

5- Ninfas

Fotos reprodução internet Style.com

As ninfas são personagens mitológicas que habitam rios, montanhas e florestas. Os vestidos das coleções de verão desfiladas em Londres carregavam uma leveza com toques de elementos da natureza, tornando impossível não relacioná-los a essas fantasiosas criaturas. Transparências esvoaçantes envolviam os corpos das modelos, a nossa Izabel Goulart parecia flutuar na passarela! Quem fez: Antonio Berardi, Erdem, House of Holland, Marchesa e Topshop Unique.

6- Vestido camiseta

Fotos reprodução internet Style.com

A gente não mencionou por aqui, mas essa tendência também foi fortíssima em Nova York mas, como tivemos que escolher apenas seis para o post da NYFW, ela acabou ficando de fora. Que bom que em Londres só deu o vestido de corte camiseta também, assim podemos falar que essa peça com certeza será o coringa do verão 2015. Quem fez: Ashish, Burberry Prorsum, Giles, Marios Schwab e Paul Smith.

Desfile Alexandre Herchcovitch SPFW Verão/15
1 de Abril de 2014 . Por aspatricias

Um desfile daqueles que depois de assistir, dá vontade de contar para todo mundo, de comentar sobre as peças e indagar qual seria a inspiração por trás de cada look. Fazer conexões e soltar alguns suspiros. Deu para perceber que amamos essa homenagem de Alexandre Herchcovitch para o ícone de estilo e sensualidade Marilyn Monroe? Pois então, segue lendo para ver que esse amor é justificado!

Alexandre Herchcovitch - SPFW Verao 2015 - Crédito: Ag. Fotosite

O primeiro look já dá o tom do desfile, um vestido de silhueta sessentíssima, porém simulando um casaco vestido ao contrário: como era de se esperar de Herchcovitch, a homenagem para a Marilyn não será convencional. O que veio a seguir foi uma série de referências à looks icônicos da diva e à elementos dos anos 60, junto de algumas escolhas ousadas do estilista. As jaquetas, por exemplo, que parecem ter uma referência militar, simulam as que a loira era vista usando, quando estava com um namorado alistado.

Alexandre Herchcovitch - SPFW Verao 2015 - Crédito: Ag. Fotosite

Alexandre Herchcovitch - SPFW Verao 2015 - Crédito: Ag. Fotosite

O comprimento das peças é predominantemente até o joelho, com a exceção de algumas calças capri, o que mantém as peças elegantes mas ainda muito sensuais, graças à modelagem que acompanha as curvas. Saias lápis e cintura alta pontuaram o que é a silhueta carro-chefe do Verão 2015 de Herchcovitch.

Alexandre Herchcovitch - SPFW Verao 2015 - Crédito: Ag. Fotosite

Os laços, que são um adereço bem feminino, apareceram em versões máxi, o que pode ser um aceno para a ultra-feminilidade de Monroe (ou será que estamos lendo muito nas entrelinhas?).

Alexandre Herchcovitch - SPFW Verao 2015 - Crédito: Ag. Fotosite

Por fim, o látex - que também vimos no desfile da Animale - voltou ao repertório do estilista, na forma de casacos e casaquetos coloridos, jogados por cima de conjuntos à la Mad Men. Pode ser que o material vire uma tendência para o verão 2015? Aguardamos mais informações.

Observa o final do desfile, para ver como o conjunto ficou bonito!

E você, o que achou do desfile de Alexandre Herchcovitch?