Ronaldo Franga lança coleção com a Kildare em Gramado
19 de Maio de 2017 . Por aspatricias

Ronaldo Fraga para Kildare/Divulgação

O estilista Ronaldo Fraga e a Kildare uniram-se em uma parceria inusitada. Os estilos, à primeira vista contrastantes, se misturam em calçados produzidos em couro. O resultado é uma coleção que sintoniza perfeitamente o mood clássico das criações Kildare com o olhar visionário de Fraga que destaca, entre tons e traços, a estética urbana e o universo do skate.

Quem estava de olho já deve ter visto o pré-lançamento no mês passado - inclusive, a gente acompanhou de pertinho no Grande Hotel Ronaldo Fraga -, mas agora o lançamento é oficial, nesta segunda-feira, durante o Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC), em Gramado, rola a coletiva de imprensa, quando marca e estilista recebem imprensa e formadores de opinião para apresentarem as criações.

A coleção cápsula evidencia a brasilidade e, com inspiração no lifestyle do skate, deu origem a peças únicas, confortáveis e com shape inovador. Os modelos contam com dois tipos de sola: abotinados e de cano curto. Já a cartela de cores é bem diversa, entre tons neutros, vibrantes e pastel, em propostas monocolor, bicolor e até tricolor, em contraste com prints com referências de arte das ruas. Os fechamentos variam entre atacadores, elásticos que se ajustam no pé e zíperes. São ótimas opções para homens que prezam pelo estilo e têm uma forte ligação com a moda urbana, vendo o modo de se vestir como uma forma de expressar sua autenticidade.

Reconhecido como um dos principais estilistas no que se refere à moda com DNA brasileiro, Fraga ainda compartilha sua experiência no segmento fashion, com detalhes de sua colaboração com a Kildare, em uma palestra que ocorre no domingo, na sala Rubi do hotel Serra Azul, em Gramado.

Pompéia lança parceria com Ronaldo Fraga!
25 de Agosto de 2016 . Por aspatricias

Hoje a Pompéia lança uma parceria inédita e incrível! Por intermédio daspatrícias, a fast fashion se uniu ao estilista Ronaldo Fraga em uma coleção exclusiva para o verão, que será apresentada durante o Pompéia Fashion Weekend, evento anual da marca em Porto Alegre, que se realiza de hoje a sábado na capital gaúcha. Unir marcas e designers faz parte do nosso trabalho e não poderíamos estar mais felizes com esse resultado. Nesta quinta, o estilista bate um papo com convidados e, logo em seguida, será realizado um desfile da coleção Pompéia e também da linha assinada pelo designer mineiro, no Santander Cultural, a partir das 19h. O evento também tem a curadoria daspatrícias.

Serão lançados sete looks, compostos por vestidos, saias mídi e longa, além de blusas e tops. As peças exploram desenhos gráficos e cortes geométricos, trazendo o duo preto & nude. O melhor? Atenta ao movimento mundial do see now, buy now, a Pompéia vai lançar os produtos no seu e-commerce simultaneamente ao desfile!

ronaldo-fraga-para-pompcaaia27890

Com tecidos como crepe e tule, conforto é a palavra de ordem. A modelagem lânguida, que se adapta ao corpo, reforça o DNA tão característico de Ronaldo. O estilista conta que a coleção busca trazer a essência da Pompéia para uma moda mais conceitual, para uma cliente que busca sofisticação, conforto e um diálogo com a tendência e, ao mesmo tempo, uma roupa acessível. Ano passado, a marca já havia apostado em parceria inédita com a estilista Patricia Viera, durante a São Paulo Fashion Week.

ronaldo-fraga-para-pompcaaia27843

Na sexta e no sábado, a Pompéia abrirá as portas da loja no Centro Histórico de Porto Alegre para o público. Durante os dois dias, todos poderão conferir os desfiles, inclusive da coleção de Ronaldo, além de usufruir de espaços de make-up, relaxamento, esmalteria, consultoria de moda e muitas outras atrações gratuitas.

Entre os destaques da programação, um bate papo sobre o Dia a Dia de uma blogueira agitará as clientes que estiverem presentes. Juju Massena (blog ALT Girls) e Alessandra Mess (Working Machine) comentarão sobre os desafios e prazeres da profissão. Além delas, Kiko Brustolin, da Ford Models, trata dicas para aquelas que sonham em seguir a carreira de modelo.

Tempos de re-existência
26 de Abril de 2016 . Por Patrícia Parenza

Começou nesta segunda-feira a 41ª edição do SPFW. De volta ao prédio da Bienal desde o ano passado, a semana de moda mantém o fôlego e surpreende com um grande número de desfiles. Sim. São 36 apresentações em cinco dias, com o mais potente calendário nacional se encerrando na sexta-feira sob o tema Mãos que Valem Ouro, uma celebração à capacidade humana de repensar, de colocar a mão na massa, se reinventar e recomeçar.

E já no primeiro dia um tapa na cara protagonizado pelo maior contador de histórias das passarelas nacionais, Ronaldo Fraga. Com desfiles sempre tocantes e muitas vezes polêmicos, o mineiro encerrou o primeiro dia de desfiles narrando em costura a trajetória de refugiados que chegaram à Europa (mais de um milhão) e também por aqui.

SPFW N41

A intensidade emocional do desfile começou antes mesmo da primeira modelo pisar na passarela. Fraga exibiu um vídeo de um barquinho de papel que ia se enchendo de sementes até afundar…pronto….a vontade de chorar já bateu, assim, de cara. Em seguida, os refugiados criados por Fraga foram entrando, um a um, com o rosto coberto e uma roupa de viagem: “aqui a roupa é a única herança de sua terra e elemento de identidade cultural que o manterá de pé. Aqui a roupa é também uma arma de re-existência. É casa, abrigo, memória, é país’, conta o estilista mineiro.

SPFW N41

E representando alguns dos refugiados que vivem no Brasil, a congolesa Fanny Mudingayl, os sírios Nour Koeder e Nawras Alhaibi, o senegalês Alessane-Diaw e o palestino Leon Diab se uniram ao grupo de modelos profissionais, que também tinham todas as raças, negros, europeus e mestiços.

SPFW N41

E nas roupas a mistura de tudo isso, muita referência à África, país onde o estilista esteve duas vezes em 2015. Mas teve também a padronagem listrada das roupas sírias, que foi reinterpretada por meio de listras construídas de elástico colorido em fundo de náilon transparente que se integram à imagem do conjunto, junto a referências africanas, como o print de pintura corporal. Os shapes são aqueles que fazem de Ronaldo único, longos, curtos, volumosos, bordados, ultracoloridos.

SPFW N41

A aplicação de barquinhos de papel que aparece na coleção foi realizada com a impressão de um jornal de Moçambique e simboliza a fragilidade das embarcações nas quais os refugiados viajam. Estampas de correntes douradas e figas falam sobre a relação de aprisionamento que se vive dentro dessas embarcações.

SPFW N41

Uma novidade é que seu irmão, o estilista Rodrigo Fraga, agora assina a linha masculina, que aliás está incrível.

SPFW N41

A beleza impecável assinada por Marcos Costa foi inspirada nos cabelos trançados das moçambicanas refugiadas em Portugal.

SPFW N41

Se foi lindo? Há foi…como sempre…Ronaldo nos faz rir, chorar, pensar, repensar e nos dá a certeza de re-existir, de continuar acreditando na moda como identidade cultural de um povo, de uma geração, de uma era. Um grito de paz em tempos perigosos! Vida longa, meu amigo!

SPFW N41

Loja temporária de Ronaldo Fraga
27 de Novembro de 2015 . Por aspatricias

Foto DivulgaçãoEste final de semana vai ser iluminado para os apaixonados por moda de verdade. O estilista mineiro Ronaldo Fraga vem a Porto Alegre para promover uma rara loja temporária, aqui na sede das patis e da Estação Filmes, na Avenida Taquary, 128, pertinho da Fundação Iberê Camargo. Sim. A nosso convite, Ronaldo selecionou peças lindas (e qual não seria?), de diversas coleções, masculinas, femininas e infantis, e traz à capital gaúcha. Também tem acessórios de suspirar, que vão ficar expostos das 14h às 20h, maquininha de cartão e um bom parcelamento, de até quatro vezes. Bem bom, né?!

Em tempo: quem visitar a loja pode conferir as delícias da Rangueria Bicycle Food, a primeira bike-truck de Porto Alegre. Os “rangos” são todos artesanais, orgânicos e vegetarianos, e ainda tem drinques clássicos, como Mojito e Piña Colada, feitos com ingredientes recém colhidos da horta pela chef Natália Jaeger Livi. Tudo feito com muito amor, assim como a roupa de Ronaldo. Ah! DJ Piá animando as carrapetas.

Que desfile foi esse, Ronaldo?
20 de Outubro de 2015 . Por Fernanda Cassel

Tive a oportunidade de visitar Belo Horizonte durante o Minas Trend e no passeio dei um pulinho na loja do Ronaldo Fraga, ver de pertinho todos os encantos que o mineiro apresenta nas passarelas temporada após temporada. Para a minha supresa - até então eu não sabia do acontecido - a fachada trazia uma certa melancolia (algo não esperado tratando-se do local que guarda a lindeza que é uma roupa assinada por Ronaldo). Dentro, algumas peças da coleção Cidade Sonâmbula - que invocou arrepios de satisfação no último SPFW - fora, a fachada da loja carregando o manifesto abaixo.

Foto As Patrícias

Explico: a loja foi assaltada no primeiro dia do mês, levaram muitas peças da coleção de inverno passada do estilista (a Fúria das Sereias não havia chegado às araras ainda) e, em resposta, Ronaldo postou a placa acima em frente ao local do crime. O que isso tem a ver com o desfile de ontem no SPFW? Para mim, tudo. Acredito que após o acontecido, Ronaldo ficou um pouco desacreditado, como pode-se sentir pelo tom do manifesto. O inverno 2016 do mineiro veio para colar os pedaços, recosturar a esperança e injetar um pouco de amor no coração partido de Ronaldo - e de quem vive no Brasil em tempos tão desesperadores. São tempos como este que demandam amor, demandam o coração pulsante que Ronaldo deixou na passarela, a cama gostosa para dormir de conchinha e recolher os cacos, um por um. O inverno de Ronaldo veio para curar a ressaca sentimental e reviver amores -  ao próximo e próprio. Obrigada, Ronaldo. A gente estava precisando!

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Como toda coleção do Ronaldo Fraga, a história não está só na inspiração e nas roupas em si, mas também no processo de criação das mesmas. Este ano não foi diferente, os tricôs que se entrelaçavam feito veias e artérias nos corpos das modelos foram realizados com sedas confeccionadas pelas artesãs da comunidade paranaense Vila da Seda. Gostamos de falar que as coleções do estilista são “bem brasileiras”, esta última não só é “bem” como é totalmente produzida aqui no Brasil, com a ínfima exceção de um colar que foi realizado com lava de vulcão da Colômbia. Coisa pouca, então podemos dizer que o coração do Ronaldo - realista ou surrealista , feito de tricô ou presente na estamparia, no broto da flor ou na boca vermelha - é 100% brasileiro.

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Um escândalo de vestido!

Um escândalo de vestido!

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Foto Agência Fotosite

Ao final do desfile, Ronaldo aparece na passarela para agradecer ao público usando uma camiseta da coleção Cidade Sonâmbula - justamente a qual foi roubada pelos ladrões em Belo Horizonte. Como quem diz: “eu ainda estou aqui”.

Foto Agência Fotosite