Renner, tropical-chique como um sonho de verão
2 de Agosto de 2017 . Por Dialla Dornelles

Apresentando o preview de verão 2018 ontem à noite, a Renner seguiu a tendência naturalista e de cores leves para a estação mais quente. Em São Paulo, o desfile reuniu convidados em uma apresentação com foco na brasilidade e diversidade, já que o casting não tinha restrições de numeração e até mesmo de idade - uma das belas a desfilar foi a figurinista Vera Valdez, primeira modelo brasileira a fazer sucesso no Exterior. No total, foram 60 looks selecionados pelo stylist e editor de moda Thiago Ferraz, que tem uma mão certeira para nos deixar suspirando.

Agência FotoSite

Peças de alfaiataria em linho, extremamente sofisticadas, combinam com o beachwear e traduzem o mood tropicalismo-chique da coleção. As estampas exploram a flora e fauna brasileira, desde palmeiras e flores a pássaros. Impossível não citar o forte apelo de conforto da coleção: shapes amplos e tecidos leves, em uma paleta veranil que passa pelos tons de blush, azul, aquarelados e sépia. O brilho, em todas as suas formas, continua em evidência, aparecendo em peças de paetê, saias e calças em vinil e, vale destacar, em um conjunto esportivo lindo metalizado e arroxeado - já na wish list. Ah! Muitos babados, blusas românticas, ênfase nos ombros, e misturas de estilos, como o esportivo com social, casual e alfaiataria. Lindo!

Agência FotoSite

A Renner faz uma aposta segura nas tendências de verão, dando continuidade às trends e atualizando seu catálogo com escolhas certeiras e fundamentais, como a valorização da natureza nas peças e a própria diversidade do casting, que diz muito sobre o estilo, né mesmo? Algumas peças já podem ser encontradas nas lojas e através do e-commerce da marca. Ou seja, basta acessar www.lojasrenner.com.br para dar acesso aos desejos mostrados ontem à noite. Rapidinho, né?! Total fast fashion.

 

 

Joalheira contemporânea Iris Eichenberg expõe na Galeria Alice Floriano
12 de Junho de 2017 . Por aspatricias

Eichenberg/Reprodução

Tem exposição nova chegando na Galeria Alice Floriano de São Paulo. Das 14h às 19h, quem passar pela Rua Wisard 397, na Vila Madalena, vai poder conferir a mostra Rizoma, que inaugura amanhã uma seleção das peças da artista alemã, Iris Eichenberg. Criadora de ornamentos não necessariamente bonitos, a joalheira, radicada nos EUA, faz adornos com seu modo de beleza único e ocasionalmente desconcertante, apresentados até o dia 5 de agosto na Galeria.

Misturando procedimentos de alta tecnologia com técnicas manuais tradicionais, algumas séries exploram a interdependência dos sentidos, desfocando os limites entre corpo e adorno. Outros usam objetos arquetípicos e formas familiares para expressar sentimentos.

Eichenberg/Reprodução

Alice Floriano criou a galeria homônima em 2015, em Porto Alegre, com o objetivo de disseminar e promover o adorno como movimento artístico e expressão cultural na capital gaúcha. Mais do que reunir joalheiros nacionais e internacionais em um lugar, o local tem a curadoria de produtos feita por Alice de forma minuciosa, prezando pelo conceito, percurso do artista e coerência aliada a excelência técnica. No final de março, foi inaugurado um novo espaço em São Paulo, onde ocorre a exposição de Iris.

Alfaiataria é tema de novo livro de Eduardo Motta
25 de Maio de 2017 . Por aspatricias

Eduardo Motta

Eduardo Motta está lançando o livro Alfaiatarias: Radiografia de um Ofício Incomparável, pela editora Senac. O autor resgata o histórico e o know how da alfaiataria clássica, atualizando-o a partir da sua evolução ao longo das últimas décadas. Através de entrevistas, como com a inglesa Kathryn Sargent, primeira mulher a se estabelecer na Saville Row, em Londres, e com João Pimenta, um alfaiate tão preciso quanto iconoclasta, é traçada uma radiografia dessa sofisticada técnica de construção de roupas que, infelizmente, vem sendo cada vez menos difundida.

No livro, Motta aborda questões de gênero, desmistifica a alfaiataria como ferramenta de renúncia dos homens ao jogo das aparências, investiga o papel das mulheres neste terreno tido como masculino e não evita os conflitos entre tradicionalistas e inovadores, entre artesanato e indústria, que cercam a prática da alfaiataria. O livro cobre o período da alfaiataria vitoriana, moderna,  contemporânea, com uma abordagem diversificada e dinâmica do tema.

Eduardo Motta é consultor e editor de moda, diretor criativo e de conteúdos da Radar - Inteligência e Projetos de Moda. Também é autor dos livros História do Calçado no Brasil: um Olhar Histórico, O Lugar Maldito da Aparência e Meu Coração Coroado: Mestre Espedito Seleiro.

Em tempo: esta semana, mais precisamente hoje, Motta lança o livro no Dragão Fashion, que rola em Fortaleza, no Ceará.  No dia 30, no Moda Documenta, em São Paulo.

Casa de Criadores celebra 20 anos com edição comemorativa
4 de Maio de 2017 . Por aspatricias

Casa de Criadores / Karen Feller di Gaspi

A Casa de Criadores é conhecida como o berço de novos talentos da moda nacional. Neste ano, o evento completa 20 anos de história com inúmeros nomes de peso que surgiram dali, de um dos dois eventos que acontecem em São Paulo todos os anos. Para celebrar, vão ocorrer duas edições comemorativas em 2017. Eba!

A primeira edição já tem data e acontece entre os dias oito e 12 de maio no espaço Oficina, na Al. Olga, 187, Barra Funda, em São Paulo. Serão apresentadas as apostas dos estilistas e marcas para o Verão 2018, com a presença de talentos já conhecidos e revelações.

A Casa de Criadores surgiu quando um grupo de jovens estilistas decidiu, em parceria com o jornalista André Hidalgo, promover um evento para lançar suas novas coleções. O foco sempre foi a criação autoral e a revelação de novos talentos que, a partir do evento, tivessem a oportunidade de impulsionar suas carreiras. Centrado, inicialmente, num movimento nascido na cena underground paulistana que aliava moda, comportamento e música eletrônica, a Casa de Criadores ampliou seu universo e foi incorporando estilistas e criadores de outros estados brasileiros nos mais variados estágios de carreira.

 

Line Up, das 18h às 23h:

08/05

Abertura: Diegogama / Brechó Replay

Fernando Cozendey

Rober Dognani

Filipe Freire

Cemfreio

09/05

Också

Felipe Fanaia

Tarcisio Brandão

Weider Silveiro

10/05

Projeto Lab: Neriage por Rafaella Caniello, ACRVO, Rocio Canvas, Senplo, Carol Funke e Renata Buzzo

Diego Fávaro

Rafael Caetano

Alex Kazuo

11/05

Karin Feller para Di Gaspi

Igor Dadona

Ben

Isaac Silva

12/05

Vídeo - Gustavo de Carvalho

Ale Brito

Heloisa Faria

MRTNS

FILA por Der Metropol

 

Alice Floriano e Aura Arte estreiam em SP
31 de Março de 2017 . Por Patrícia Pontalti

Lilian Maus

Um dos espaços mais bacanas de arte, moda e design de Porto Alegre acaba de estrear em São Paulo. Quem passa em frente à pequena porta na Rua Wizard, 397, na Vila Madalena, surpreende-se com o interior da Galeria Aura Arte e da Galeria Alice Floriano, ambiente compartilhado entre as empresárias Alice Floriano e Bruna Bailune.

A galeria Alice Floriano, que já existe na capital gaúcha desde 2015, nasceu com o propósito de disseminar e promover a joalheria contemporânea como movimento artístico e expressão cultural, trazendo artistas consagrados e novos talentos do cenário mundial. O conceito casou com a ideia de de Bruna que, com a ideia de expandir a plataforma online aura.art.br, queria um espaço para divulgar a produção artística nacional e auxiliar na formação de coleções que falem sobre o nosso tempo.

Joias Galeria Alice Floriano

Até o dia 30 de maio, a Aura Arte traz a mostra Scénario, com curadoria de Mario Gioia e participação dos artistas Bruno Belo, Giulia Bianchi, Letícia Lopes, Lilian Maus, Marcella Madeira e Viviane Teixeira. Já a Galeria Alice Floriano traz os artistas joalheiros contemporâneos Malene Kastalje (Dinamarca), Izabella Petrut (Áustria), Daniella Saraya (Israel), Christine Jalio (Finlândia), Helena Lindell (Suécia), Linnea Eriksson (Suécia), Mia Maljojoki (Finlândia) e Sofia Bjorkman (Suécia). Vale dar uma passada para conhecer e prestigiar esse espaço híbrido e único, cheio de criatividade e arte.